A Hora da Performatividade

Publicado em: 16/03/2012

Ele chegou mais cedo neste semestre. E com uma nova “cara” também. Mas sua essência se mantém intacta. É chegada a hora em que os aprendizes do Módulo Azul (período vespertino) da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco compartilham suas experimentações.

 

Cena do Experimento do Módulo Azul de 2011 (Foto: Arquivo SP Escola de Teatro)

 

Sendo assim, amanhã (17), os oito núcleos, que são grupos compostos por integrantes de todos os Cursos Regulares deste Módulo, abrem seus processos de trabalho, que têm como eixo temático a performatividade e como material poético a obra da artista plástica Lucia Koch e do cineasta Peter Greenaway.

 

 

Veja mais:

Tudo Azul

Miscelânea Performática

Eu Performo, Tu Performas, Ele Performa

 

 

Com base nesses artistas, os aprendizes de Cenografia e Figurino, Técnicas de Palco, Iluminação e Sonoplastia criaram provocações cênicas para os aprendizes de Atuação, Direção, Dramaturgia e Humor. Agora, eles expõem suas investigações cênicas ao público.

 

“No Módulo Azul, temos como desafio questões que perpassam pelo teatro performativo ou pela performatividade no teatro.  Ou seja, nossas investigações estão direcionadas para o ponto nevrálgico da arte contemporânea. São pesquisas cênicas nas quais o artista do teatro concebe o processo como parte fundamental da obra”, observa Joaquim Gama, coordenador pedagógico da Escola.

 

Segundo Gama, o processo de investigação e criação é o que define o trabalho dos aprendizes. “Nesse caso, cabe menos o resultado final da obra, e sim um convite ao espectador para olhar para a construção da forma cênica. Antes de um significado definitivo da cena, o que está em jogo é a multiplicidade de  interação, recepção e produção de sentido que a cena oferece ao espectador.”

 

Ivam Cabral, diretor executivo da Escola, comenta sobre os Experimentos: “É sempre muito instigante e emocionante poder participar dos Experimentos. Esses encontros afetam a forma como eu mesmo penso e respiro teatro. Trabalhar com a Lucia (Koch) também é incrível. Seus trabalhos ativam o imaginário e propõem um estado”, finaliza.

 


 

Texto: Felipe Del

Relacionadas:

Uncategorised | 16/ 12/ 2021

16 de dezembro é dia do Teatro Amador: Conheça mais sobre essa importante prática cultural brasileira!

SAIBA MAIS

Notícias | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Notícias | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS