Projetos especiais

Publicado em: 18/12/2017

A vocação de formação da SP Escola de Teatro se estende também à ocupação do espaço com atividades de residências artísticas. Em 2017, a Instituição recebeu 17 eventos — entre espetáculos, debates e palestras — e possibilitou o trabalho de 25 residências artísticas.

Entre os destaques de montagens em cartaz na Escola, este ano, estão “Isso não É um Sacrifício”, da atriz Fernanda D’Umbra, a volta de “Cachorro Enterrado Vivo”, do ator Leonardo Fernandes; além de duas apresentações do espetáculo português “Solange”.

A Escola foi base, ainda, de ensaios e processos criativos para espetáculos como “Demônios”, do coletivo Teatro da Pombagira, que estreia em 2018, e “Nos Trilhos Abertos de um Leste Migrante”, do Estopô Balaio.

Cinema

O ano de 2017 marcou a criação Escola Livre de Audiovisual, projeto da Associação dos Artistas Amigos da Praça (Adaap). A ELA lançou no segundo semestre dois editais em parceria com a Universidade das Artes de Estocolmo (Uniarts), da Suécia.

Um dos certames selecionou dois brasileiros para compor a equipe de um filme feito em coprodução entre os dois países, filmado no primeiro semestre de 2018. O outro edital, de Curso de Realização, abriu espaço para formação de 24 pessoas nas áreas de direção de produção, direção de fotografia, cenografia e figurino, iluminação, som, roteiro e contrarregragem e maquinaria. As aulas começam em janeiro.