Prêmios

Publicado em: 18/12/2017

Raul Teixeira, Raul Barretto, Ivam Cabral, Hugo Possolo e Joaquim Gama no palco do 29º Prêmio Shell de São Paulo. Foto: Roberto Ikeda/Miguel Arcanjo Prado

O ano começou com um prêmio muito especial: a SP Escola de Teatro foi vencedora do 29º Prêmio Shell de São Paulo na categoria Inovação. Para os jurados, a instituição, ligada à Secretaria da Cultura do Estado São Paulo, se destaca pela formação de profissionais nas áreas técnica e artística, sob uma política pedagógica contemporânea.

“Essa é uma conquista do bom teatro, da classe teatral; é uma conquista do melhor teatro que se faz, porque é um trabalho coletivo – são centenas de pessoas reunidas ao redor da SP Escola de Teatro”, comemorou, à época, o diretor executivo da instituição, o ator e diretor Ivam Cabral.  

A SP Escola de Teatro concorreu com outros dois espaços importantes para a cena teatral paulistana: o Centro Cultural São Paulo, que fomenta o programa Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos; e o Grupo Parlapatões, cuja sede, na Praça Roosevelt, região central da cidade, é reconhecida por abarcar um repertório de trabalhos de variadas linguagens artísticas.

Ao longo de 2017, vieram outros prêmios de reconhecimento ao trabalho da Escola e de profissionais ligados a ela. Ivam Cabral, por exemplo, foi condecorado com importantes troféus das artes. Em maio, recebeu o Grande Prêmio da Crítica, no Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA), em uma elegante cerimônia no Theatro Municipal, e em julho, recebeu o Prêmio Especial da quinta edição do Prêmio Aplauso Brasil.