EN | ES

Extensão Cultural

Publicado em: 27/02/2018

Se a SP Escola de Teatro aprofunda e torna cada vez mais abrangentes suas ações, um dos principais responsáveis por isso é o setor de Extensão Cultural da Instituição.

O departamento gere os cursos de Extensão Cultural, gratuitos e implantados sob os mesmos preceitos pedagógicos e artísticos dos Cursos Regulares. A proposta é firmar pontes diretas com criadores e pensadores de outras esferas e mobilizar a população e os artistas amadores e profissionais interessados em aperfeiçoar ou ampliar seus conhecimentos não apenas na área teatral, mas em outras do universo da cultura e da arte.

Neste ano, foram oferecidos mais de 30 cursos ao público, todos gratuitos, com carga de 64 horas e orientados por profissionais de vasta experiência e reconhecidos em suas áreas de atuação. Os temas abraçavam um extenso campo do saber artístico e cultural: de dublagem a performance, de dança a desenho, de iluminação a documentário, entre muitas outras.

Onze deles, inclusive, foram orientados por artistas internacionais: a portuguesa Ana Pais ministrou “Dramaturgismo no século XXI: procedimentos”; o renomado italiano Enrico Bonavera, “Commedia dell’arte”; sete artistas suecos orientaram “Iniciação em documentário para cinema e TV”; o português Pedro Zegre Penim conduziu “Procassos criativos teatrais: experimentações”, e Eliot Shrimpton veio da Inglaterra para orientar “Atuação na cena: preparação do ator”.

Apesar desse grande volume, o setor não se limita a oferecer cursos. Muito pelo contrário.

Além dos cursos presenciais, foram promovidas rodas de conversas, como as duas realizadas no primeiro semestre, sobre pedagogia do teatro e sobre processo criativo no teatro contemporâneo; mesas de discussão, como a que foi organizada sob o tema “Desconstruções: o traumático e o ato criativo”; palestras; bate-papos online semanais no portal da Escola; e o Estação SP, que estabelece parcerias com diferentes instituições e equipamentos culturais, na tentativa de suprir demandas formativo-culturais do interior paulista – neste ano, as cidades englobadas foram Tatuí, Registro e Paraitinga.

Depois de tudo isso, a Extensão Cultural já está se preparando para o início de 14 cursos no mês de janeiro, englobando áreas como circo, cinema, performance, fantoches, dramaturgia, teatro musical e muito mais.