SP Escola de Teatro Realiza Território Cultural para Fechar o Semestre

Publicado em: 12/07/2011

Para fechar o final do primeiro semestre de aulas com uma grande comemoração, a SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, Instituição do Governo do Estado de São Paulo ligada a Secretaria da Cultura, organizou um Território Cultural especial para sábado (16/07) e traz nomes como Soninha Francine, Dagoberto Feliz, Ésio Magalhães e Bete Dorgam.

 

Atividades simultâneas como palestras, apresentações de espetáculos e workshops compõe a programação do Território Cultural que, realizado sempre aos sábados, funciona como um desdobramento dos Cursos Regulares, em parceria com os cursos de Difusão Cultural da SP Escola de Teatro.

 

Neste sábado, a programação do evento abre, às 9h, no Teatro Anhembi Morumbi, com apresentação do filme “Ganga Bruta”, de Humberto Mauro, no qual a trilha sonora será criada e executada ao vivo por aprendizes do curso de Sonoplastia da Escola.

 

Para estabeleceram relações sobre o conceito da trilha sonora inserida no audiovisual, durante o processo de Formação do Módulo Verde, os aprendizes contaram com estudos minuciosos sobre o roteiro do filme, a dramaturgia sonora e o cinema mudo. Estes aprendizados serviram de base para a trilha sonora do filme lançado na década de 30.

 

Para a realização deste trabalho, a turma de Sonoplastia se dividiu em seis grupos de acordo com a decupagem das cenas e compor uma nova trilha para o filme e executá-la ao vivo com instrumentos musicais, objetos sonoros e computadores foi o grande desafio do projeto.

 

Na sequência, o Teatro Anhembi Morumbi será ocupado com uma palestra sobre política em geral, poder legislativo e cultura como necessidade básica, comandada por Soninha Francine, Presidente do Conselho Fiscal da Associação dos Artistas Amigos da Praça que gere a SP Escola de Teatro.

 

Juliana Straub, aprendiz de Atuação, abrirá a programação vespertina do Território Cultural, com a apresentação de uma cena criada a partir de “HamletMachine”, texto de Heiner Müller, marcada para as 14h.  Com duração de quinze minutos, a cena será apresentada em quatro sessões. Uma hora depois, o aprendiz de Dramaturgia Alex Araújo tira do bolso “Sala de Espera”, “Oncogenesis”, e “Pérfuro”, textos de sua autoria, para realizar uma leitura dramática.

 

Em uma sala escura, entre as 14h e 16h30, o artista plástico e vídeo artista Gabriel Netto vai ministrar uma oficina de introdução a Vídeo Mapping, técnica baseada na projeção de vídeo em 3 dimensões sobre objetos reais e que permite criar, em tempo real, diversos efeitos de iluminação, cenografia e até arquitetura.

 

Assim, apresentar aos participantes, técnicas, conceitos e referências em Vídeo Mapping, abordando temas como introdução a mapeamento de vídeo, suas bases, formatos e tamanhos, além de opções de interfaces para mapeamento é o intuito da oficina.

 

As salas para leituras dramáticas realizadas pelos atores Thiago Adorno e Paula Sassi, sob a direção de Lavínia Pannuzio, serão divulgadas no decorrer do Território Cultural. Ao todo, 10 mini peças baseadas em textos que investigam os deslocamentos e hibridismo na linguagem dramatúrgica, criados pelos aprendizes do curso de Dramaturgia do Módulo Verde, serão encenadas.

 

Dagoberto Feliz, Bete Dorgam e Esio Magalhães entram em cena, às 14h, com a aula-espetáculo A Arte da Representação ou Como ser Verdadeiro Mentindo e Vice-Versa”. No enredo, uma aula sobre teatro, vida e jogo, no qual esse elenco vai mostrar tudo o que sabem sobre a arte de representar.

 

Todos os projetos e instalações artísticas, desenvolvidos por aprendizes de Iluminação da Escola, baseados nas provocações dos textos da obra de Antonin Artaud e sobre o estudo de Bauhaus, também poderão ser vistos nas salas da sede da SP Escola de Teatro em uma exposição itinerante.

 

E, para finalizar o sábado, o HiperInstrumento, concebido e construído por aprendizes de Sonoplastia da Escola, vai realizar um procissão do Largo da Concórdia até a SP Escola de Teatro, em um projeto que recebeu o nome de Cerimônia Urbana – Na Esquina do Mundo, e que terá a participação de músicos, atores e clowns e terminará em um festa com direito a discotecagem do DJ Eugenio Lima. O evento será transmitido via internet pelo site www.sukorski.com/TV.