Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
EN | ES

SP Escola de Teatro promove Bate-Papo Online com Esio Magalhães

Publicado em: 14/09/2015

O ator Esio Magalhães participa do Bate-Papo Online promovido pela SP Escola de Teatro — Centro de Formação das Artes do Palco nesta quinta-feira (17), das 16h às 17h, aqui no portal da Escola.

 

O tema da conversa é “O que é ser um artista do humor”. Para participar, basta acessar www.spescoladeteatro.org.br/chat no horário do bate-papo.

 

Sobre o participante

Sócio-fundador do Barracão Teatro, espaço de pesquisa da linguagem de máscara, Magalhães tem um trabalho extenso no teatro. Foi integrante do grupo Doutores da Alegria, se apresentando como palhaço em hospitais, e participou de diversos espetáculos pelo Barracão, como “A Julieta e o Romeu”, “Diário Baldio” e “Amor te espero”.
 
Na Itália, apresentou com o palhaço Leris Colombaioni os espetáculos “Um giro nel cielo” e “Circo Ercolino”. Magalhães é o palhaço Zabobrim.
 
Ele foi indicado ao prêmio Shell de 2007 e ao primeiro prêmio da Revista Quem como melhor ator por “A Julieta e o Romeu”. Em 2008, recebeu outra indicação ao Shell por “Encruzilhados entre a barbárie e o sonho”.
 
De 2011 a 2013, Magalhães foi professor convidado da SP Escola de Teatro para lecionar no Curso Regular de Humor.
 
Serviço
Bate-Papo Online com Esio Magalhães
Tema: “O que é ser um artista do humor”
Quando: Quinta-feira (17), das 16h às 17h



Relacionadas:

Notícias | 12/ 08/ 2022

Cia. Os Satyros é destaque no Festival de Edimburgo com espetáculo The Art Of Facing Fear

SAIBA MAIS

Notícias | 12/ 08/ 2022

Agenda Cultural: As melhores dicas para o seu fim de semana!

SAIBA MAIS

Notícias | 12/ 08/ 2022

Cia do Passáro estreia espetáculo com texto francês sobre amor LGBTQIAP+ em vários teatros paulistas

SAIBA MAIS