SP Escola de Teatro no APCA 2013

Publicado em: 11/12/2013

Já virou tradição: desde 2010, quando a SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco iniciou suas atividades, a lista dos melhores do ano segundo a Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) contém um ou mais nomes relacionados à Instituição.

 

Em 2013 não foi diferente. Desta vez, quem “representa” a Escola é Guilherme Bonfanti, coordenador do curso de Iluminação e Kiko Marques, ensinador pedagogo do módulo Amarelo.

 

Bonfanti levou um prêmio da categoria Arquitetura, mais especificamente no quesito Fronteiras de Arquitetura, por sua luz em “Bom Retiro – 958 metros”. Ele divide a conquista com Carlos Teixeira, que assina a direção de arte do projeto. Já Kiko Marques foi eleito o Melhor Autor de teatro de 2013, pelo texto “Cais, ou da indiferença das embarcações”, montado pela Velha Companhia. 

 

Guilherme Bonfanti e Kiko Marques: reconhecimento no APCA

 

Apesar de já ter ganhado outros APCA – esse é o terceiro –, Bonfanti afirma que a sensação é a mesma que sentiu na década de 1990, quando recebeu seu primeiro prêmio. “Antes de ‘Bom Retiro’, eu estava em crise comigo mesmo, já tinha quase 20 anos com o Vertigem e cheguei a pensar que tivesse esgotado minha capacidade criativa. E é aí que entra a questão de trabalhar na rua. Ela me colocou nesse lugar novo, de inquietação”, diz.

 

Ser reconhecido em uma categoria fora da área de teatro foi outra grande recompensa para o artista: “O Vertigem sempre teve esse diálogo com a cidade e com a arquitetura. Saber que outra disciplina também nos olhou e percebeu essa relação é incrível”.

 

Para Kiko Marques, o prêmio também vem acompanhado de um sabor muito especial. “É maravilhoso receber um prêmio como esse, um reconhecimento único. ‘Cais, ou da indiferença das embarcações’ é um trabalho que tem uma raiz muito grande, fala sobre um lugar que frequento desde guri”, explica.

 

O texto, que foi escrito há seis anos, levou bastante tempo para ser encenado. E isso, segundo Marques, coincidentemente, foi um dos trunfos do trabalho. “Foi um espetáculo difícil e demorado de montar, pois é complexo e tem três horas de duração. Por sorte não conseguimos fazer rápido, assim pudemos aprimorá-lo. Também contei com parceiros de longa data, foi um processo muito potente”, finaliza.

 

Além de Bonfanti e Marques, outro nome que a SP Escola de Teatro pode se orgulhar de ver na lista é o do espetáculo “Nossa cidade”, dirigido por Antunes Filho em seu CPT, que foi eleito o Melhor Espetáculo de teatro. A Escola “emprestou”, por assim dizer, três membros que integram a montagem: Raul Teixeira, coordenador do curso de Sonoplastia e velho conhecido de Antunes, que assina a trilha sonora; Lenon Almeida, aprendiz de Sonoplastia, como assistente e operador de som; e Fagundes Emanuel, que cursou alguns módulos do curso de Humor e compõe o elenco da peça.

 

Veja abaixo a lista dos melhores de 2013 na íntegra:

 

TEATRO

Grande Prêmio da Crítica: Maria Thereza Varga (pela brilhante trajetória profissional de pesquisadora teatral e pelo livro “Cacilda Becker – Uma Mulher de Muita Importância”)

Espetáculo: Nossa Cidade (CPT – direção de Antunes Filho)

Diretor: Dagoberto Feliz (espetáculo “Folias Galileu”) 

Autor: Kiko Marques (por “Cais, ou da Indiferença das Embarcações”, da Velha Companhia)

Ator: Cássio Scapin (por “Eu Não Dava Praquilo”)

Atriz: Débora Falabella e Yara De Novaes (Por “Contrações”)

Prêmio Especial: Projeto Baú de Arethuza (“Cia. Os Fofos Encenam)

Prêmio Especial: Eva Wilma (60 Anos de Carreira)

Homenagem a Artistas Falecidos – Cleyde Yaconis, Fauzi Arap e Enio Gonçalves

 

TEATRO INFANTIL

Grande Prêmio da Crítica: A Rainha Procura (Cia. do Quintal)

Melhor Espetáculo de Animação/Bonecos: Cocô de Passarinho (Cia. Noz)

Melhor Espetáculo de Dança Para Crianças: Uma Trilha para sua História (direção de Gustavo Kurlat)

Melhor Espetáculo de Rua Para Crianças: Mário e as Marias (Cia. Lúdicos)

Melhor Espetáculo Musical para Crianças:

Empate entre ‘Operilda na Orquestra Amazônica (Oásis Produção, dir. de Regina Galdino) e ‘Menino Lua’ (dir. Fernanda Maia)

Melhor Espetáculo para Jovens: Lampião e Lancelote (dir. Débora Dubois) 

 

ARQUITETURA

Homenagem pelo conjunto da obra: Carlos A. C. Lemos

Melhor obra: Biblioteca Brasiliana Mindlin – Autores: Eduardo de Almeida e Rodrigo Mindlin Loeb

Obra referencial: Centro Paula Souza – Autores: Pedro Taddei e Francisco Spadoni

Registro de arquitetura: Nelson Kon

Fronteiras da arquitetura: Bom Retiro 958 metros – Autores: Guilherme Bonfanti (luz) e Carlos Teixeira (direção de arte) 

Promoção à pesquisa: Concurso Estação Antártica Comandante Ferraz/ SECIRM – Secretaria da Comissão Interministerial para Recursos do Mar/ Secretário Geral Contra-Almirante Marcos Silva Rodrigues

Urbanidade: Conjunto Residencial Jardim Edite – Autores: MMBB Arquitetos (Marta Moreira, Milton Braga e Fernando de Mello Franco) e H+F Arquitetos (Eduardo Ferroni e Pablo Hereñú)

 

ARTES VISUAIS

Grande Prêmio da Crítica: Maria Martins – Metamorfoses – MAM

Exposição Internacional: Mestres do Renascimento – CCBB 

Exposição: Waldemar Cordeiro – Itaú Cultural

Multimídia: William Kentridge – Pinacoteca do Estado

Fotografia: Sebastião Salgado – Sesc Belenzinho

Retrospectiva: Antonio Henrique Amaral – Pinacoteca do Estado

Homenagem: Walter Zanini 

 

CINEMA

Filme: O Som ao Redor, de Kleber Mendonça Filho

Prêmio Especial do Júri: Esse Amor que nos Consome, de Allan Ribeiro

Diretor: Kleber Mendonça Filho, por O Som ao Redor

Roteiro: Hilton Lacerda, por Tatuagem

Ator: Rodrigo Garcia, por Tatuagem

Atriz: Denise Fraga, por Hoje

Documentário: O Dia que Durou 21 Anos, de Camilo Tavares 

 

DANÇA

Grande Prêmio da Crítica: 50 Anos de Dança Moderna, de Ruth Rachou 

Pesquisa em Dança: Grupo Proposição, pela investigação continuada

Bailarina Revelação: Alda Maria Abreu, do Taanteatro, por “Androgyne Sagração do Fogo”

Projeto Artístico: “O Confete da Índia”, de André Masseno 

Criação em Dança: “Projeto Propulsão/O que faz Viver-parte 2: Seguinte”, da Keyzetta e Cia. 

Criadora-Intérprete: Maria Paula Rego Monteiro, pelo solo “Terra”, do Grupo Grial 

Bailarino: Luciano Fagundes, por “Húmus”, da Companhia Antônio Nóbrega 

 

LITERATURA

Grande Prêmio da Crítica: “Toda Poesia”, de Paulo Leminski (Cia. das Letras) 

Romance: “Lívia e o Cemitério Africano”, de Alberto Martins (Editora 34)

Ensaio/Crítica/Reportagem: “Holocausto Brasileiro”, de Daniela Arbex (Geração Editorial)

Infanto-Juvenil: “As Gêmeas da Família”, de Stella Maris Rezende (Globo Livros)

Poesia: “Rabo de Baleia”, de Alice Sant’Anna (Cosac Naify)

Contos/Crônicas: “Garimpo”, de Beatriz Bracher (Editora 34) 

Tradução: “A Anatomia da Melancolia – Volume IV – A Terceira Partição – Melancolia”, de Robert Burton. Por Guilherme Gontijo Flores. (Editora UFPR)

Biografia/Memória: “Norberto Bobbio: Trajetória e Obra”, de Celso Lafer (Editora Perspectiva)

 

MÚSICA POPULAR

Grande Prêmio da Crítica: Ângela Maria

Grupo Vocal: Aindaessência

Grupo de Rock: Selton

Intérprete: Emicida 

Compositor: Arnaldo Antunes

Projeto Especial: Terruá Pará 

Revelação: Anitta

Álbum: “Antes que Tu Conte Outra” Apanhador Só

 

MÚSICA ERUDITA

Grande Prêmio da Crítica: Aylton Escobar – compositor 

Conjunto da obra: Maria Helena Rosas Fernandes – compositora 

Personalidade: Edino Krieger

Projeto Musical I : Semana Eleazar de Carvalho – Concurso Anual Jovens Solistas 

Projeto Musical II: Sérgio Bittencourt Sampaio e sua Pesquisa Musicológica em Livros

Obra vocal: Ópera “O Menino e a Liberdade”, de Ronaldo Miranda 

Prêmio Especial: Centro de Integração Documentação e Difusão Cultural – Unicamp na pessoa de Denise Garcia 

Menções honrosas: I) Série Radiofônica de 13 programas (Cultura FM), por Samuel Kerr – Seminários de Música da Pró-Arte II) Coral Paulistano sob a regência de Thiago Pinheiro

 

RÁDIO

Grande Prêmio da Crítica: 89 FM – pelo retorno da Rádio Rock

Internet: Rádio Sarau – www.radiosarau.com 

Musical: Ricardo Corte Real – Programa Jazz Caravan – USP FM e Educativa FM de Rio Preto

Revelação: Programa João Carlos Martins – Cultura FM – SP

Humor: Band Coruja – Band FM

Prêmio Especial do Júri: Roberto Carmona – Transamérica FM – pelos 50 anos de reportagem esportiva 

Variedades: Panelinha – Rádio Estadão AM/FM

 

TELEVISÃO

Série: “Latitudes”, (TNT/YouTube – produtora Los Bragas)

Atriz: Bianca Comparato (“A Menina Sem Qualidades”/MTV Brasil e “Sessão de Terapia”/GNT) e Elizabeth Savalla (Amor à Vida/TV Globo)

Ator: Mateus Solano (Amor À Vida/TV Globo)

Direção: Felipe Hirsch (A Menina Sem Qualidades/MTV Brasil)

Programa de Variedades: Amor e Sexo (TV Globo)

Programa Jornalístico/Documentário: Presidentes Africanos (Band/Discovery – produtora Cinegroup)

Programa Infantil: Historietas Assombradas para Crianças Malcriadas (Cartoon Network – produtora Glaz)

Menções Honrosas: I – Canal Arte 1 (Iniciativa Grupo Band) e II – “Sai de Baixo” (Reunião – 4 novos Episódios – Canal Viva)

 

 

Texto: Felipe Del

Relacionadas:

Notícias | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Notícias | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS

Uncategorised | 01/ 10/ 2021

Festival Satyricine Bijou anuncia vencedores da mostra competitiva e homenageia a atriz e cineasta Helena Ignez

SAIBA MAIS