Solo ‘Espelhos’ faz curta temporada na Cia. do Feijão

Publicado em: 19/03/2018

Depois de uma temporada na Biblioteca Mário de Andrade, agora a peça “Espelhos” faz oito novas apresentações no Teatro da Cia. do Feijão, no Centro. As sessões vão de 24 de março a 15 de abril, aos sábados, às 21h; e domingos, às 19h. A entrada é no esquema pague o quanto puder.

Solo ‘Espelhos’ une contos homônimos de Machado de Assis e João Guimarães Rosa. Foto: João Caldas Fº/Divulgação

Neste solo do ator Ney Piacentini, Machado de Assis e João Guimarães Rosa são contrapostos no palco. O texto da montagem é uma adaptação do contos homônimos dos dois autores, “O Espelho”, dividindo-se em dois personagens no palco: um com todo o ceticismo do texto de Machado de Assis e o outro com a esperança do conto de Guimarães Rosa.

O espetáculo busca refletir sobre as relações entre sociedade, imagem e subjetividade.

No conto de Machado, publicado pela primeira vez em 1882, o protagonista Jacobina defende que o ser humano possui duas almas, uma interior e uma exterior, explicitando a oposição entre ser e parecer. A temática de identidade também domina o conto de Guimarães Rosa, publicado quase 100 anos depois, em 1962.

Em 2016, quando estreou, Ney Piacentini foi indicado na categoria Melhor Ator do prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA). Ele é colaborador da SP Escola de Teatro, ministrando aulas eventuais nos cursos regulares de Direção e Atuação. O espetáculo é dirigido por Vivien Buckup.




Relacionadas:

Notícias | 06/ 12/ 2021

Oficina Olhares: “É possível falar de masculinidade e feminilidade sem sermos binários?”, por Manfrin Manfrin

SAIBA MAIS

Notícias | 06/ 12/ 2021

Oficina Olhares: “As cores da foto do menino no poste estão desaparecendo”, por Milena Siqueira

SAIBA MAIS

Notícias | 06/ 12/ 2021

Oficina Olhares: “Se algo de fato existe, ele é feito de carne e sangra”, por Clara Prado

SAIBA MAIS