Setor de audiovisual do Rio faz levantamento de profissionais

Publicado em: 20/04/2020

Neste momento de pandemia do novo coronavírus, é preciso que os setores culturais se organizem e levantem o maior número de informações possível sobre seus trabalhadores. De olho nisso, o coletivo FilmaRio está fazendo um levantamento de todos os profissionais da Indústria Audiovisual do Rio de Janeiro.

O objetivo é mapear a real situação da categoria e formatar propostas para os governantes diante da pandemia e para organização futura. Para isso, basta que os trabalhadores preencham o formulário neste link.

Dúvidas podem ser tiradas por meio deste e-mail: filmario13@gmail.com.

CULTURA EM CASA

Assim como outros equipamentos, a SP Escola de Teatro criou uma programação especial na internet para oferecer ao seus seguidores. Assim, está disponível uma série de conteúdos multimídia, como vídeos de espetáculos e de palestras e bate-papos de nomes como as atrizes Fernanda Montenegro, Nathalia Timberg e Denise Fraga, a monja Coen, a escritora Adélia Prado e o pastor Henrique Vieira, além de cursos gratuitos a distância.

O acervo ainda inclui filmes produzidos pela Escola Livre de Audiovisual (ELA) – iniciativa da Associação dos Artistas Amigos da Praça (Adaap), gestora da SP Escola de Teatro – em parceria com instituições internacionais, com a Universidade das Artes de Estocolmo (Suécia).




Relacionadas:

Notícias | 30/ 11/ 2021

Dança é destaque no Festival Satyrianas 2021 que acontece nos palcos da unidade Roosevelt da SP

SAIBA MAIS

Notícias | 30/ 11/ 2021

SP Dramaturgias: leitura dramática de texto de Ewerton Frederico acontece na próxima quarta-feira, 8

SAIBA MAIS

Notícias | 30/ 11/ 2021

Ailton Krenak e Andreia Duarte promovem lançamento da primeira plataforma digital de teatro brasileira relacionada ao mundo indígena

SAIBA MAIS