Série Grandes Atrizes: Zezé Macedo

Publicado em: 05/01/2022

Considerada um grande destaque no teatro brasileiro dos anos 1950, Zezé Macedo contracenou com nomes famosos do cinema brasileiro, como Oscarito, Grande Otelo e Zé Trindade.

Maria José Macedo nasceu em Capivari (Silva Jardim), no Rio de Janeiro, em 1916. Apaixonada pela arte desde a infância, a artista começou no teatro amador aos 4 anos, mas aos 15 casou-se e desistiu da profissão. Foi somente com a morte repentina de seu único filho que Zezé se reaproximou do mundo artístico.

Satyros reestreia Pessoas Brutas, espetáculo marcante da terceira parte da Trilogia das Pessoas

Sua carreira na atuação deslanchou com o trabalho nas rádios; primeiro foi contratada pela Rádio Fluminense para fazer algumas narrações, tendo participado também na Rádio Tamoyo e no Grande Jornal Fluminense, onde declamava poesias. Em 1951, a atriz ganhou visibilidade por sua participação no programa Os Pombinhos da Favela, e a partir desse momento fez diversos papéis, alguns dos quais se tornaram icônicos. Foi a sofrida mocinha na rádio-novela Anjo Bom, Anjo Mal (1952); interpretou a professora em Escolinha do Arraial; e trabalhou também em Lar, Doce Lar.

Programa Kairós: estudantes apresentam trabalho inspirado na obra da antropóloga Lélia Gonzalez

Em 1953, Zezé estreou na TV Tupi do Rio, no programa de humor Mesa Quadrada, uma sátira de programas futebolísticos da televisão. Lá participou em programas como Teatrinho Kibon, Grande Teatro de Variedades, Espetáculos Tonelux, Balança Mais Não Cai e Hoje Tem Espetáculo. Além de ter trabalhado com rádio-teatro, a artista também atuou em várias peças, principalmente no teatro de revista.

Ainda na mesma década, a artista investiu em sua atuação no ramo cinematográfico. Foram mais de cem filmes, entre eles grandes sucessos, como Dona Xepa (1958), Tem Boi na Linha (1957), O Camelô da Rua Larga (1958), Aguenta o Rojão (1958). Porém nos anos 1960, sua carreira se voltou mais para o universo da televisão, embora nunca tenha deixado o cinema por completo.

Processo Seletivo 1/2022: Dias e horários das avaliações do 2º Momento

Em 1965, Zezé Macedo iniciou seus trabalhos na Rede Globo e atuou em novelas de sucesso, como A Moreninha (1965), Padre Tião (1965) e O Primeiro Amor (1972). No entanto, foram nos programas de humor que teve seu maior destaque, participando de Balança Mais Não Cai, Chico City, Os Trapalhões e Escolinha do Professor Raimundo.

O cineasta Ivam Cardoso considerava Zezé a grande dama do cinema nacional e por seu trabalho no filme As Sete Vampiras (1986), dirigido por ele, que a artista recebeu o Grande Prêmio do Juri no Festival de Cinema de Gramado.
Zezé Macedo entrou para história da arte e do entretenimento brasileiro, e se eternizou como uma das comediantes mais populares do país.

 




Relacionadas:

Notícias | 17/ 01/ 2022

10ª Edição do SP Transvisão – Semana da Visibilidade de travestis e transexuais ocorre a partir do dia 23 de janeiro, na Sede Roosevelt da SP Escola de Teatro

SAIBA MAIS

Notícias | 17/ 01/ 2022

Oficina de HQ abre temporada 2022 da Extensão Cultural da SP; confira como foi!

SAIBA MAIS

Notícias | 14/ 01/ 2022

Agenda Cultural: as melhores dicas para o seu fim de semana!

SAIBA MAIS