Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
EN | ES

Sede Roosevelt da SP recebe quadrinista Raphael Fernandes para oficina gratuita de HQ e sessão de autógrafos

Publicado em: 11/01/2022

Nesta sexta-feira, 14, das 18h às 20h, a sede Roosevelt da SP Escola de Teatro recebe Raphael Fernandes, autor do quadrinho Apagão – Fruto Proibido, para uma oficina gratuita sobre a arte do HQ. Após o encontro o público é convidado para uma sessão de autógrafos exclusiva, na qual serão distribuídos 50 exemplares do livro gratuitamente. Fabi Marques, colorista da obra, participa deste último encontro.

Oficina presencial e gratuita | A arte da HQ: como criar histórias em quadrinhos (Inscreva-se aqui)

Lançado em 2021 pela Editora Draco, o quadrinho Apagão – Fruto Proibido conta a história de Heloísa, sua namorada Derby e a gangue das Patinadoras que tentarão resgatar a jovem Malagueta, que está grávida, e foi raptada pela gangue das Irmãs Canivete. O problema é que o preço do resgate envolve roubar o item mais valioso da gangue dos Macacos Urbanos. A HQ está à venda nas principais livrarias, lojas especializadas e no site da Editora Draco (aqui).

As personagens Heloísa e Derby foram apresentadas no áudio-jogo “Apagão – Entre o lobo e o cão”, que teve narração de Guilherme Briggs e produção da Rede Geek. O projeto narra como foi o primeiro dia de blecaute na vida da jovem líder de comunidade e dá alguns sinais do caos que tomou conta da cidade. Com patrocínio de uma grande marca de tecnologia, o projeto alcançou mais de um milhão de ouvintes.

Segundo Raphael: “Houve toda uma preocupação com a representatividade para que mulheres e pessoas da periferia como eu possam se identificar com as garotas. O projeto passou por diversas leituras críticas de mulheres feministas e escritoras para que além de uma baita aventura também seja uma grande experiência para os leitores.”

O prefácio do quadrinho de Germana C. Viana (Gibi de Menininha), posfácio de Andreza Delgado (Perifacon), texto complementar de Tato Tarcan (Rede Geek) e comentário de Álvaro Borba (Meteoro Brasil)

Inscreva-se AQUI




Relacionadas:

Notícias | 15/ 08/ 2022

Gargarejo Cia. Teatral apresenta projeto em que revisita obras clássicas de Machado de Assis na próxima terça (16), na SP

SAIBA MAIS

Notícias | 15/ 08/ 2022

Miguel Rocha, artista egresso da SP e diretor da Cia. de Teatro Heliópolis, é indicado ao Prêmio APCA 2022; veja entrevista exclusiva!

SAIBA MAIS

Notícias | 15/ 08/ 2022

SP Escola de Teatro e Itaú Cultural promovem a 1ª Edição do Seminário O Sujeito Histórico do Teatro de Grupo do Estado de São Paulo

SAIBA MAIS