EN | ES

Rodolfo García Vázquez, coordenador de Direção, participa de conferência internacional de teatro em Acra

Publicado em: 21/07/2023 | por: Guilherme Dearo

Rodolfo García Vázquez, coordenador da linha de Direção da SP Escola de Teatro e um dos fundadores da ADAAP: convite para Acra, em Gana, em conferência internacional de teatro.

Rodolfo García Vázquez, coordenador da linha de estudo de Direção da SP Escola de Teatro e um dos fundadores da ADAAP (Associação dos Artistas Amigos da Praça), criadora e gestora da Escola, embarcou ontem (20) para Acra, em Gana, para a conferência de 2023 da International Federation for Theatre Research.

Vázquez participa até 2 de agosto do evento de 2023 que traz o tema “The Stories We Tell: Myths, Myth Making & Performance”. O coordenador da Escola foi convidado para duas atividades: um grupo de trabalho sobre pedagogias performativas em teatro e um mesa sobre teatro decolonial a partir das experiências da SP Escola de Teatro, da Praça Roosevelt e da Cia Os Satyros.

Ele recebeu dois convites para ir a Acra participar da conferência, um feito pelo estudioso de teatro latino-americano Aleksandar Dundjerovic e outro pelo teórico e crítico teatral Rustom Bharucha.

Da mesa, participam, além de Vázquez, Veronica Fabbrini e Rustom Bharucha. Do grupo de trabalho, vão participar Aleksandar Dundjerovic, Stephen Simms, Jorge Dubatti, entre outros.

“Os convites demonstram reconhecimento internacional em relação a urgência e potência da pedagogia da SP desenvolvida pela ADAAP para o teatro contemporâneo”, diz Vázquez.

Cartaz da conferência IFRT 2023 Accra - Ghana: participação de Rodolfo García Vázquez.

Cartaz da conferência IFRT 2023 Accra – Ghana: participação de Rodolfo García Vázquez. Foto: Divulgação

O International Federation for Theatre Research existe para facilitar a comunicação e troca de conhecimento entre acadêmicos e pesquisadores de teatro e performance do mundo todo. Além da conferência anual, o IFTR promove grupos de pesquisa, prêmios e publicações. Fundado em 1957, o IFTR conta com membros de 44 países, de todos os continentes.

Publicações e prêmios

Não é a primeira vez que a pedagogia inovadora da SP Escola de Teatro, desenvolvida pela ADAAP, é alvo de pesquisas acadêmicas e reconhecimentos.

Prêmios

Em 2020, a ADAAP, associação que se configura como organização social e é criadora e gestora da SP Escola de Teatro desde 2010, recebeu o prêmio internacional Top–100 Achievements–2020, na categoria Ciência e Educação, por seu projeto pedagógico e administração da SP Escola de Teatro e MT Escola de Teatro. Segundo o Achievements Forum, a Adaap mostrou-se como “uma instituição de ensino líder, demostrando avanços significativos nos padrões de gestão educacional, serviços pedagógicos e eficiência em suas colaborações internacionais”.

Em 2023, a ADAAP recebeu nos Estados Unidos o The Bizz Hybrid Awards, da Confederação Mundial de Negócios “WorldCob”, um dos prêmios de negócios mais importantes do mundo, que reúne e reconhece empresas líderes em suas respectivas áreas, e que cooperam com o crescimento da economia de seu país e do mundo, especialmente nas áreas de inovação, qualidade e excelência em gestão e sustentabilidade.

Em 2022, em Bruxelas, a Escola recebeu o prêmio European Award for Best Practices 2022, sendo representada por Ivam Cabral, diretor executivo, e Marcio Aquiles, coordenador de Projetos Internacionais, que marcaram presença na cerimônia de premiação. A distinção vem da European Society for Quality Research (ESQR), com sede em Lausanne, na Suíça, uma organização que reconhece e premia empresas e instituições que têm as melhores práticas, que demonstram proeminência organizacional e que motivam seus funcionários a buscar a excelência sustentável.

Publicações

Em 2023, dois artigos científicos escritos por colaboradores da SP Escola de Teatro foram publicados no prestigiado portal The Theatre Times. Um deles é de autoria do diretor executivo da instituição, Ivam Cabral, e do coordenador dos projetos internacionais, Marcio Aquiles. O segundo é do coordenador do curso de Direção, Rodolfo García Vázquez.

O artigo escrito por Ivam Cabral e Marcio Aquiles se chama “Theatre and social justice in Brazil: the successful case of the São Paulo Theatre School” (“Teatro e justiça social no Brasil: o caso de sucesso da SP Escola de Teatro”). Os autores introduzem o projeto da SP Escola de Teatro abordando o papel e a importância da instituição de ensino para a sociedade brasileira, não apenas no nível cultural.

O artigo escrito por Rodolfo García Vázquez se chama “The brazilian experience with different forms of technopresence in theatre: Os Satyros and SP Escola de Teatro” (“A experiência brasileira com diferentes formas da tecno-presença no teatro: Os Satyros e a SP Escola de Teatro”). O coordenador disserta sobre o teatro ciborgue, no qual há a presença de tecnologias no fazer teatral, que amplia as possibilidades da presença humana no palco, a partir da utilização de extensões tecnológicas disponíveis.

Também esse ano, Ivam Cabral, Marcio Aquiles e Rodolfo García Vázquez publicaram artigos sobre a pedagogia da Escola em uma revista acadêmica na Polônia. 




Relacionadas:

Notícias | 21/ 06/ 2024

SP Escola de Teatro, por meio do Programa Oportunidades, realiza oficinas para jovens da Fundação CASA Rio Tâmisa

SAIBA MAIS

Notícias | 21/ 06/ 2024

Espetáculo “2 Palitos” entra em cartaz em julho na SP Escola de Teatro

SAIBA MAIS

Notícias | 20/ 06/ 2024

Veja como foi o lançamento do livro “Breves Apontamentos Sobre o Teatro Das_Nas_Pelas Periferias Brasileiras”

SAIBA MAIS