R7 Elege SP Escola de Teatro Como a Melhor Instituição

Publicado em: 15/01/2013

Para descobrir quem foram os destaques da cena teatral em 2012, foi promovida, no blog Atores & Bastidores, do R7, a eleição “Melhores do Teatro R7 2012”, abrangendo 16 categorias. A votação foi feita pelos internautas, durante 11 dias. E a SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco conquistou o título de Melhor Instituição.

 

Concorrendo ao lado de Cooperativa Paulista de Teatro, Funarte, Sesc-SP e Tusp, a Escola venceu com maioria absoluta, abarcando 83,1% dos votos. O resultado foi divulgado no dia 27 de dezembro. Segundo informações do blog, a votação mobilizou mais de 100 mil votos.

 

As indicações foram feitas pelo fotógrafo teatral Bob Sousa e pelo jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado, responsável pelo blog e editor de Cultura do R7. A dupla acompanha de perto o movimento da cena teatral brasileira.

 

“Lugar de efervescência do pensamento cultural e que já se tornou referência no ensino das artes do palco”. Foi assim que Arcanjo Prado definiu a SP Escola de Teatro, ao apresentá-la como vencedora em sua categoria.

 

“Concorremos ao lado de grandes instituições, que nos servem de exemplos. Ver que o nosso projeto, ainda que jovem, consegue se destacar dessa maneira, é algo gratificante e faz valer a pena todo o sonho e o esforço que fizemos e continuamos a fazer ao longo desses anos”, afirma Ivam Cabral, diretor executivo da Escola.

 

A Escola também foi “premiada”, indiretamente, pela escolha de Daíse Neves, ex-aprendiz da Instituição, como vencedora na categoria Figurino por “Cabaret Stravaganza”, da Companhia de Teatro Os Satyros

 

 

Veja, a seguir, os ganhadores de todas as categorias:

 

Espetáculo: “Bichado”, do Núcleo Experimental

 

Diretor: Zé Henrique de Paula, pela realização de quatro peças em 2012 (“Bichado”, “Mormaço”, “No Coração do Mundo” e “Senhora dos Afogados”)

 

Ator: Eric Lenate (“No Coração do Mundo”)

 

Atriz: Einat Falbel (“Bichado”)

 

Autor: Aldri Anunciação (“Namíbia, Não!”)

 

Revelação: a atriz Bárbara Bonnie (“Barafonda” e “Senhora dos Afogados”)

 

Iluminação: Rodrigo Alves (“SP Surrealista”)

 

Cenário: Eric Lenate (“Rabbit”)

 

Figurino: Daíse Neves (“Cabaret Stravaganza”)

 

Personalidade: Phedra De Córdoba, atriz cubana do grupo Os Satyros e patrimônio do teatro brasileiro

 

Trilha/Música: Fernanda Maia (“Senhora dos Afogados”)

 

Festival: Festival de Teatro de Curitiba, o mais tradicional evento teatral e de maior repercussão do País

 

Grupo: Cia. São Jorge de Variedades, de São Paulo

 

Projeto: “Barafonda”, da Cia. São Jorge de Variedades, que contou de forma inventiva e envolvente a história do bairro da Barra Funda, onde fica a sede do grupo

 

Teatro: Teatro do Núcleo Experimental, de São Paulo, por sua intensa programação de qualidade

 

Instituição: SP Escola de Teatro, com sede no Brás e na Praça Roosevelt, em São Paulo, lugar de efervescência do pensamento cultural e que já se tornou referência no ensino das artes do palco.

 

 

Texto: Felipe Del