Publicação cubana reúne obras de 12 dramaturgos brasileiros contemporâneos

Publicado em: 12/03/2018

Capa do livro “Teatro Brasileño Contemporáneo”. Foto: Reprodução

Uma compilação de textos de 12 dramaturgos brasileiros contemporâneos foi publicada em Cuba, no final de 2016, e reúne entre as obras as peças “Impostura”, da coordenadora de Dramaturgia da SP Escola de Teatro, Marici Salomão, e “Hazte Idea de Que Hay Sol Allá Afuera” (“Faz de Conta que Tem Sol Lá Fora”), do diretor executivo da Instituição, Ivam Cabral.

O livro “Teatro Brasileño Contemporáneo” faz parte de um projeto de tradução iniciado em 2012, com a Semana de Lecturas Dramatizadas de Teatro Brasileño Actual, que aconteceu no centro cultural cubano Casa del Alba. Naquela ocasião, foram feitas leituras dos textos de Ivam Cabral e Marici Salomão e das peças “Avenida Independencia 161”, de Paulo Biscaia Filho, e “Delantal Todo Sucio de Huevo” (“Avental Todo Sujo de Ovo”), de Marcos Barbosa.

Além dessas dramaturgias, “Teatro Brasileño Contemporáneo” tem ainda textos de Newton Moreno, Aimar Labaki, Diones Camargo, Francisco Carlos, Sergio Roveri, Jô Bilac, Daniela Pereira de Carvalho e Rodrigo Negueira. O prefácio é escrito pela crítica e professora Tânia Brandão.

Neste projeto de intercâmbio entre Brasil e Cuba ainda está prevista a tradução de textos cubanos para português, cujo livro será lançado aqui no final de 2018. A versão brasileira da obra será organizada pelos dramaturgos e diretores Ivam Cabral e Aimar Labaki.




Relacionadas:

Notícias | 06/ 12/ 2021

Oficina Olhares: “É possível falar de masculinidade e feminilidade sem sermos binários?”, por Manfrin Manfrin

SAIBA MAIS

Notícias | 06/ 12/ 2021

Oficina Olhares: “As cores da foto do menino no poste estão desaparecendo”, por Milena Siqueira

SAIBA MAIS

Notícias | 06/ 12/ 2021

Oficina Olhares: “Se algo de fato existe, ele é feito de carne e sangra”, por Clara Prado

SAIBA MAIS