Peça criada em coprodução internacional investiga obra de Lorca

Publicado em: 14/07/2014

O espetáculo performativo “Ela – lugar que chove dentro”, do Núcleo Adega de Teatro em parceria com a Cia Sol Picó (Espanha), entre outros grupos nacionais e internacionais, terá duas apresentações na SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco neste mês.

 

Com direção artística de Fabiana Monsalú, serão duas aberturas de trabalho, uma no dia 27 e outra no dia 28 de julho, mostrando ao público o trabalho criado em intercâmbio artístico, por meio de projeto contemplado pelo Iberescena, programa de coprodução internacional, como parte da pesquisa “Trânsitos na criação entre o tempo e os espaços na obra de Lorca”.

 

 

O resultado é uma coprodução do Núcleo Adega de teatro (São Paulo), do Teatro Líquido Cia (Porto Alegre), do Sol Pico Dança Cia (Barcelona – Espanha) e da atriz uruguaia Soledad Frugone (Montevideo – Uruguai). Dois ex-aprendizes da Escola assinam a música original (Doutor Aeilton e Carol Guimaris) e a iluminação é de Guilherme Bonfanti, um dos fundadores do Teatro da Vertigem e coordenador do curso de Iluminação da Instituição.

 

O trabalho teve pesquisa de campo na cidade de Granada, em Andaluzia (terra de Lorca), Espanha, e processo de criação em Barcelona. Três atrizes estabelecem um jogo entre a ficção e a realidade, desde o compartilhamento de impressões andaluzes até a abordagem do universo das personagens femininas de Federico Garcia Lorca, inspiradas nas obras “Yerma”, “Bodas de sangue” e “A casa de Bernarda Alba”, traçando paralelos entre as mulheres lorquianas e os corpos das atrizes hoje, em um espaço cênico compartilhado com o espectador. Assim, um conceito de permanente construção permeia a obra.

 

Além de promover o intercâmbio artístico, a proposta dos grupos é compartilhar com o público o processo de criação e pesquisa de linguagem, a partir das experiências e processos de artistas de diferentes países e culturas, e criar diálogos entre a cidade e a própria obra.

 

A pesquisa

A pesquisa, iniciada em 2007 pelo Núcleo Adega de Teatro, investiga o corpo hibrido do ator em espaços não convencionais e patrimônios históricos que tenham significância para a história da cidade, através das mulheres lorquianas. A investigação foi aprofundada como objeto de pesquisa defendido no mestrado de Fabiana Monsalú (2012, Universidade de São Paulo – BR), onde foi sistematizado um treinamento atoral em diálogo com o universo lorquiano, possibilitando a descoberta de outras camadas da dramaturgia pelo viés da corporeidade do ator, trabalhando a teatralidade, que agora se expande para a linguagem performativa.

 

A necessidade dessa investigação cênica parte da percepção de uma inefável pulsão, onde arte e vida se misturam tanto no interior da obra de Lorca – poeta e escritor apaixonado por seu povo – quanto nos processos férteis de criação vislumbrados ao longo do tempo nos trabalhos das atrizes envolvidas nesse projeto, tendo em vista os panoramas dos modos de produção do Brasil, Uruguai e Espanha – países intercambiados nesse trabalho.

 

Ficha técnica

Concepção Geral: Fabiana Monsalú

Direção: Sol Picó e Fabiana Monsalú

Elenco: Soledad Frugone, Vanise Carneiro e Fabiana Monsalú

Dramaturgia: Giulio Valentini e Núcleo adega de Teatro

Música original: Adele Madau, Doutor Aeilton e Carol Guimaris

Figurinos: Viviane Calvitti

Iluminação: Guilherme Bonfanti

Produção em Barcelona: Núria Aguiló

Produção Geral: Vanise Carneiro e Fabiana Monsalú

 

Serviço

“Ela – lugar que chove dentro”

Quando: Dia 27/7, às 19h30, e 28/7, às 20h30

Onde: SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt 

Praça Roosevelt, 210 – Centro

Tel.: (11) 9 9132-4275

Ingresso: R$ 20

Relacionadas:

Notícias | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Notícias | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS

Uncategorised | 01/ 10/ 2021

Festival Satyricine Bijou anuncia vencedores da mostra competitiva e homenageia a atriz e cineasta Helena Ignez

SAIBA MAIS