Passos para a Criação de uma Escola Verde

Publicado em: 11/03/2011

Desencorajar os aprendizes da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco a utilizar sacolas e copos plásticos descartáveis está entre as ações do projeto que pretende transformar a Instituição em uma Escola Verde.
 

Assim, durante a primeira semana de aula, todos os aprendizes dos oito Cursos Regulares da Escola receberam ecobags e squeezes. Eles também ganharam um caderno e um lápis produzido com madeira de reflorestamento.
 

O projeto pretende colocar a questão ambiental em discussão nos Cursos Regulares e incentivar os aprendizes a refletir sobre o tema de forma ampla, levando em consideração que ser “ecologicamente correto” também é respeitar o próximo, suas opções sexuais, credo, raça, origem e cor.
 

Mas essa preocupação com o meio ambiente não surgiu agora na SP Escola de Teatro. Desde o início do ano passado, está disponível, na entrada da sede provisória da Escola, um bicicletário. Para usufruir dele com conforto e segurança, seguem algumas dicas.
 

Para começar, se você não tem uma bicicleta, não se preocupe, pois a CPTM disponibiliza o aluguel desse equipamento em algumas de suas estações. Além disso, estão disponíveis vagas para estacionamento nos bicicletários do metrô. Estes espaços contam com iluminação, piso de concreto e segurança para controlar os acessos e preservar as bicicletas ali depositadas
 

Exceto a unidade de Mauá, que é mantida por uma associação de ciclistas, a Ascobike, onde a diária custa R$1,00 para os não-sócios, os demais bicicletários da CPTM são gratuitos.
Para utilizá-los, basta fazer o cadastro mediante apresentação de RG e levar o próprio cadeado e a própria corrente para prender a bicicleta. A CPTM permite o transporte de bicicletas em seus vagões, de segunda a sexta-feira, a partir das 20h30; aos sábados, a partir das 14h; domingos e feriados, o dia inteiro, sempre no último vagão. 

 

Para cadastramento da bicicleta, o ciclista deve preencher e assinar a ficha de cadastro, de forma legível, disponível em http://www.cptm.sp.gov.br/E_NOTICIAS/Campanhas/Bicicletario.asp ; entregar a ficha de cadastro ao segurança do bicicletário e apresentar documentação de identificação com foto.

 

Bicicletários na CPTM:

Linha 7 – Rubi: Caieiras (67 vagas).
Linha 8 – Diamante: Jandira (120 vagas); Itapevi (480 vagas); Engº. Cardoso (160 vagas).
Linha 9 – Esmeralda: Ceasa (144 vagas); Villa-Lobos – Jaguaré (233 vagas); Cidade Universitária (60 vagas); Pinheiros (13 vagas); Vila Olimpia (94 vagas); Autódromo (261 vagas); Jurubatuba (262 vagas); Primavera-Interlagos (226 vagas); Grajaú (178 vagas)
Linha 10 – Turquesa: Mauá (1.968 vagas admin. pela Askobike);Tamanduateí (160 vagas); Santo André (330 vagas admin. pela Parada Vital).
Linha 11 – Coral: Calmon Viana (84 vagas)
Linha 12 – Safira: Comendador Ermelino (196 vagas); Itaim Paulista (256 vagas); Jardim Helena/Vila Mara (256 vagas); Jardim Romano (240 vagas) e  USP Leste (270 vagas).
Central de informações da CPTM: 0800 055 0121