Parlapatões colocam palhaço frente ao espelho

Publicado em: 12/03/2015

Uma apresentação com trapezistas, acrobatas, bonecos e teatro de animação. É com toda essa estrutura que o espetáculo circense “Sala de Espelhos”, que estreia na próxima sexta-feira (13), no Teatro Alfredo Mesquita, conta a história do vaidoso palhaço Cavalheiro.
 
O texto de Hugo Possolo, que também dirige a peça e a cenografia e parte da iluminação, fala sobre narcisismo ao narrar a visita de Cavalheiro à sala de espelhos de um parque de diversões. Vendo-se refletido, o palhaço relembra sua história. Hugo Possolo, um dos fundadores dos Parlapatões, é também coordenador do curso de Atuação da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco.
 
O projeto, que foi contemplado pela 1ª Edição do Fomento ao Circo para a Cidade de São Paulo, tem em seu elenco: Ana Coll, Felipe Oliveira, Kadu Mendes, Marina Soveral, Nayara Dias, Nathália Dias e Paulo Maeda. O responsável pelos figurinos e maquiagem é Fernando Fecchio. Reynaldo Thomaz assina parte da iluminação e Raul Teixeira, coordenador do curso de Sonoplastia da SP Escola de Teatro, fica responsável pela trilha sonora. 
 
Além dos Parlapatões, a realização de “Sala de Espelhos” também conta com a Trupe DNA e a Cooperativa Brasileira de Circo.
 
Serviço
“Sala de Espelhos”
Quando: De 13 a 23 de março, às sextas, 21h; aos sábados, 16h e 21h; e aos domingos, 16h e 19h
Onde: Teatro Alfredo Mesquita
Av. Santos Dumont, 1.770 – Santana
Telefone: 2221-3657.
Ingresso: R$ 15. 
 
Texto: Gabriel Gilio