EN | ES

Para Manter a Arte Viva

Publicado em: 17/02/2011

“O Teatro de Sombras da China”, ministrado pelo diretor do Grupo Sobrevento, Luiz André Cherubini, é um dos 13 cursos de Difusão Cultural oferecidos pela SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco no primeiro semestre de 2011.
 

Com o apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura no Programa de Ação Cultural | 2010, o curso proporcionará aos participantes a experimentação do desenho, a confecção de figuras de sombras e o conhecimento sobre os procedimentos artísticos característicos do gênero. Também serão abordados a manipulação de sombras chinesas e os truques e efeitos desta arte por meio de vídeos e outros processos.
 

Ao longo do curso, serão construídas telas e fontes de luz especiais, adequadas ao teatro de sombras chinês, no estilo Shaanxi. No fim, todos terão a oportunidade de desenvolver pequenos exercícios, experimentando a dramaturgia e a direção, tradicionalmente utilizadas por esta técnica.
 

O curso, que será realizado no Espaço Sobrevento, situado na Rua Coronel Albino Bairão, 42, no bairro Belenzinho, em São Paulo, será acompanhado por Liang Jun, diretor da Cia. de Arte Popular de Shaanxi, fundada em 1953.
 

“Nós, artistas, temos um compromisso ético. O teatro de sombras é uma arte milenar que precisa ser passada para as novas gerações. É necessário manter a arte viva para que ela continue pela eternidade. Acredito nesta responsabilidade”, diz Cherubini.
 

“É um encontro entre criadores e artistas. Queremos promover e aperfeiçoar o teatro de animação e usaremos desse encontro entre os participantes e os orientadores para alcançarmos o objetivo”, conclui o diretor.
 

O curso “O Teatro de Sombras da China” será realizado de segunda à sexta-feira, das 14h às 18h. O início está marcado para o dia 28/2 e o término para 15/3.