Novos Dubladores

Publicado em: 07/08/2012

Técnicas de narração, voice over, dublagem em línguas latinas e orientais, além de exercícios e técnicas de aperfeiçoamento. Estes foram os conceitos que o curso de Extensão Cultural “Dublagem: Conteúdo e Estratégias II”, orientado por Herbert Richers Jr. e oferecido pela SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, propôs aos participantes. As aulas se encerraram na última quinta-feira (2).

A etapa que se concluiu na semana passada foi, na verdade, uma continuação. O primeiro curso de “Dublagem: Conteúdo e Estratégias” deu aos participantes o entendimento e prática do ofício de dublador, suas técnicas e exercícios e os orientou para o mercado da dublagem, por meio de aulas de preparação vocal, texto, leitura e análise; treinamento para emissão e controle vocal ao microfone, musicalidades, sotaques, vozes caricatas, treinamento de ritmo, respiração, sincronia, atuação incorpórea e trabalhar só com a voz, usando o corpo do “avatar” a ser dublado.

Quando esse primeiro módulo chegou ao fim, os participantes não quiseram parar e pediram mais: “Nem acreditei quando vi que teríamos um curso com Herbert Richers Jr. Ao fim do primeiro curso, todos nós pedimos por outro módulo. Meu sonho de vida sempre foi ser dubladora”, diz Sylvia Soares, uma das participantes de ambos os cursos.

Rafael Dias Gomes, aprendiz de Direção da SP Escola de Teatro, também participou das aulas e afirma: “Herbert é o curso em si. Paciente e generoso, trabalhou conosco ferramentas referentes à voz do ator. Sinto-me preparado para o mercado de trabalho”.

 

Rafael Dias Gomes (Foto: Arquivo Pessoal)

A empolgação com as novas possibilidades de carreira na dublagem faz com que os participantes queiram mais e mais. Dessa vez, um deles revela que os alunos vão pedir um terceiro módulo, mais focado na dublagem de musicais. Herbert revela: “Foi ótimo. Acho que todos os participantes estão muito bem preparados para o mercado de trabalho”.
 

 

Texto: Gabriel Gilio