Nelson Baskerville encena texto non sense do dramaturgo argentino Copi

Publicado em: 20/02/2015

O monólogo tragicômico “A geladeira”, dirigido por Nelson Baskerville, está em cartaz no Espaço Parlapatões até o dia 1º de março, com sessões de sábado, às 22h, e domingo, às 21h.

 

O texto, de autoria do argentino Raúl Damonte Botana (1939-1987), conhecido como Copi, revela a vida de “L”, um modelo aposentado que acorda na manhã de seu 50º aniversário e depara com uma geladeira no meio de sua sala.

 

Dela, o homem vê sair figuras como sua mãe, a empregada, a psicanalista, seu cão e até mesmo um rato que mora em seu armário. Tanto L quanto as personagens vindas pela nova passagem ganham vida pela atuação de Fernando Fecchio.

 

De traços nitidamente non sense, a peça de Copi tenta captar a transitoriedade da existência humana, que não se limita a um único lugar, e as transformações nos papéis sociais, na sexualidade e na subjetividade que nos acompanham.

 

Importante dramaturgo e romancista, nos anos 1970 Copi chegou a integrar, ao lado de Arrabal e Jodorowiski, o grupo Pânico. Permeiam sua obra a marca surrealista, o humor e uma violência transgressora, além de personagens que carregam certo exagero, típico da caricatura, recursos utilizados por ele para dar vazão a suas críticas brutais à sociedade contemporânea.

 

Serviço

“A geladeira”

Quando: Sábados, às 22h; domingos, às 21h até (1/3)

Onde: Espaço Parlapatões

Praça Franklin Roosevelt, 158 – Consolação

Tel.: (11) 3258-4449

Duração: 50 minutos

Ingresso: R$ 40