Morre o crítico e teórico teatral Sebastião Milaré

Publicado em: 10/07/2014

Morreu hoje (10), aos 69 anos, o crítico e teórico teatral Sebastião Milaré, após sofrer uma parada cardiorrespiratória. Ele estava internado no Hospital Cruz Azul, em São Paulo.

 

O velório será hoje, a partir das 18h, no Cemitério Jardim da Colina, em São Bernardo do Campo (Rua Jardim da Colina, 265 – Jd. Petroni), e o sepultamento, amanhã, às 11h.

 

Estudioso da obra de Antunes Filho, sobre a qual escreveu uma série de livros que se tornaram referência, Milaré era, desde a década de 1970, um dos nomes mais importantes da crítica teatral do País. Foi correspondente e colaborador de importantes revistas nacionais e estrangeiras.

 

Milaré tinha uma grande proximidade com a  SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco. Ele esteve presente na inauguração da Instituição, quando destacou a importância do projeto (veja o vídeo em nossa galeria) e, desde então, esta relação ganhou vários outros episódios e encontros.

 

Ivam Cabral, diretor executivo da Instituição, ficou emocionado com a morte do amigo e parceiro. “Era um grande cara, uma pessoa extremamente querida por todos ao seu redor. Estávamos participando, junto com Lauro César Muniz, de um projeto do Alex Giostri, e nos reunimos recentemente. Lembro que estava entusiasmado também com um projeto no Sesc – uma exposição sobre o diretor polonês Tadeusz Kantor –, e discutíamos possibilidades de extensões com a nossa Escola. Ele gostava muito do projeto e esteve, desde o início, envolvido com nosso trabalho. É uma perda muito, muito triste.”