EN | ES

Maria Bonomi apresenta obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia de Covid-19

Publicado em: 26/10/2021

A artista plástica Maria Bonomi escolheu o simbólico Memorial da América Latina para fazer a instalação de sua nova obra, Réquiem para os tombados pela Covid-19 na América Latina, em homenagem às vítimas da Covid-19 nos países latino-americanos. A inauguração do projeto será nesta quarta-feira, 27, às 15h.

A ideia de “Réquiem…” surgiu de uma conversa entre a artista, o presidente do Memorial, Jorge Damião, e Helena Peres Oliveira, produtora da obra “Etnias”, também de Bonomi. “Registrar o sofrimento que a América Latina e o mundo estão vivendo em função da Covid-19 é fundamental”, afirma a artista.

Série Grande Cenógrafos: Maria Bonomi

O trabalho, em forma de triângulo, com duas mãos postas em oração, contêm em suas superfícies 23 mapas vazados dos países: Antilhas Holandesas, Argentina, Aruba, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, Haiti, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Suriname, Uruguai e Venezuela.

A estrutura é composta por duas placas com alturas de 6m e 4m por 2,40m de comprimento, abrangendo uma área de mais de 5m, e representa a cicatriz e dor das famílias que perderam seus entes queridos para a COVID.

A autoria da obra é do Atelier Maria Bonomi, arquitetura de Rodrigo Velasco e realização de Diran Garabed Topalian e contou com o apoio do Governo do Estado de São Paulo.

Serviço:
Réquiem em homenagem às vítimas da Covid-19
Dia 27 de outubro, às 15h
Em frente ao auditório Simón Bolívar




Relacionadas:

Notícias | 19/ 05/ 2022

Processo Seletivo 2/2022 – Confira os dias e horários das avaliações do primeiro momento

SAIBA MAIS

Notícias | 19/ 05/ 2022

TBT : Relembre a palestra de Ellen Oléria para os estudantes do curso técnico da SP Escola de Teatro, em 2018

SAIBA MAIS

Notícias | 19/ 05/ 2022

Inscrições abertas para o workshop presencial e gratuito Dramaturgia Comunitária

SAIBA MAIS