Kleber Montanheiro encena ‘Opera do malandro’, de Chico Buarque

Publicado em: 07/08/2014

“Ópera do malandro”, musical escrito em 1978 por Chico Buarque, está sendo revisitado sob direção de Kleber Montanheiro, com a Cia. da Revista. A montagem cumpre temporada no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), de amanhã (8) até o final do mês.

 

Na trama, a Lapa dos anos 1940 é recriada com 18 atores e 16 canções. Temas como prostituição e contrabando permeiam o universo da peça, repleta de marginalidade e de malandros, como Duran, um cafetão que banca o grande comerciante. Ele é casado com Vitória, que era cafetina mas na verdade também se prostituía. Outra prostituta é a travesti Geni, que é bem representada pela música “Geni e o Zepelim”: “Ela é feita pra apanhar / Ela é boa de cuspir / Ela dá pra qualquer um / Maldita Geni”.

 

Além de assinar a direção do espetáculo, Kleber Montanheiro é responsável pelo cenário e o figurino e também interpreta Geni. Para a personagem, o artista se inspirou em Madame Satã. As referências para a concepção estética são os irmãos Campana, Coco Chanel, Jean Paul Gaultier e Alexander McQueen.

 

Mateus Monteiro, aprendiz egresso da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, integra o elenco da peça. Ao seu lado estão Flávio Telezani, Heloísa Maria, Adriano Merlini, Natália Quadros, Pedro Henrique Carneiro, Pedro Bacellar, Paulo Vasconcelos, Gabriel Hernandes, Gabriela Segato, Daniela Flor, Bruna Longo, Luzia Torres, Nina Hotimsky, Gerson Steves, Erica Montanheiro e Alessandra Vertamatti.

 

Serviço

“Ópera do malandro”

Quando: Quarta a sábado, às 20h; domingo, às 19h; segunda, às 20h (de 8/8 a 31/8)*

Onde: Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB-SP

Rua Álvares Penteado, 112 – Centro

Tel.: (11) 3113-3651

Ingresso:  R$ 10