Juliana Pautilla, artista convidada da SP, questiona a ideia de feminilidade em nova performance

Publicado em: 25/02/2021

Juliana Pautilla Crédito da foto: Nubia FernamoN

A atriz e pesquisadora Juliana Pautilla, que foi artista docente convidada de Atuação da SP Escola de Teatro em 2019, exibe neste domingo, 28, seu vídeo performance Exília, comtemplado pela lei Aldir Blanc. A apresentação dura 40 minutos e tem como objetivo questionar a ideia de feminilidade na qual as mulheres são enquadradas, principalmente pelo olhar desse outro que é masculino. Exília é então o exílio do próprio corpo para reinventar a si.

“A meu ver a feminilidade é uma performatividade, assim como a masculinidade. São atributos dentro de um modelo binário, então num certo sentido ela é uma invenção. E o Brasil – eu diria algumas partes do Brasil – performa bem essas adequações porque temos um inconsciente totalmente colonizado. O momento atual mostra que o capitalismo e o patriarcado são estruturas falidas, se sentem sempre ameaçados e por isso são a violência”, explica a atriz.

Para denunciar a estrutura misógina e machista em que as brasileiras são submetidas em nossa sociedade, ela usa ferramentas como a ironia, provocação, questionamento e confissões.

“Não tenho achado ser mulher uma coisa linda não, exatamente porque esses desafios diários impedem nossa existência plena. Somos ameaçadas todo dia, nas mínimas ações. E a mensagem que eu quero transmitir é que as mulheres precisam questionar essa determinação e serem livres para serem o que quiserem, inclusive não serem chamadas de mulher.”

A vídeo performance Exília é uma “transcriação” da dramaturgia da peça homônima.

Exília

SERVIÇO

Quando: 28 de fevereiro – domingo – 19h
Onde: evento online (plataforma zoom)
Como: Ingressos na Sympla
Evento gratuito

EQUIPE

Direção, roteiro e atuação: Juliana Pautilla
Trilha sonora original: Lucas Morais
Iluminação e câmera: Lucas Pradino
Edição: Ricardo Gonçalves
Produção e assistente de câmera: Jéssica Lauriano
Técnica vocal: Silvana Stein
Técnica Corporal: Thiane Nascimento

Por Luiza Camargo




Relacionadas:

Notícias | 16/ 04/ 2021

Artistas egressos da SP participam de filme-teatro A história de Cy, que aborda o amor próprio

SAIBA MAIS

Notícias | 16/ 04/ 2021

Processo Seletivo 2/2021: Confira o resultado da análise dos recursos dos pedidos de isenção da taxa de inscrição

SAIBA MAIS

Notícias | 16/ 04/ 2021

Ana Clara Soares, estudante de sonoplastia da SP, assina trilha sonora de espetáculo de dança

SAIBA MAIS

 

O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.

Assisdesign