Gylez Batista, estudante da SP, assina sonoplastia de curta sobre o universo queer em tempos de pandemia

Publicado em: 07/06/2021

Antes utilizada de maneira pejorativa, a palavra queer passou por um processo de ressignificação, sendo utilizada atualmente para designar grupos de pessoas que lutam contra os padrões impostos pela heteronormartividade.

No curta metragem TEO, criado a partir de estudos, vivências e trocas artísticas relacionadas às questões de gênero, o assunto é abordado de maneira poética e fluida, retratando os primeiros contatos da personagem – que dá título ao filme – com o universo queer, a partir das pessoas com as quais mora e compartilha a rotina em tempos de distanciamento social, devido a pandemia do Covid-19, trazendo reflexões sobre a construção social de gênero.

Ana Clara Soares, estudante de sonoplastia da SP, assina trilha sonora de espetáculo de dança

Contemplado pela Lei Aldir Blanc através da Secretaria Municipal de Cultura de Santa Gertrudes – SP, o projeto foi idealizado pelo coletivo independente LURA, formado pela multiartista e educadora corporal Ariadne de Souza, a artista visual Lares Lares e por Gylez Batista, estudante de sonoplastia da SP Escola de Teatro e graduada em música pela Unesp. Ela assina a trilha sonora do curta, além de compor trilhas sonoras para teatro, cinema, instalações, animações e podcasts.

integrantes do coletivo LURA

“LURA surgiu do desejo em comum das integrantes em se reunir para investigar e gerar provocações artísticas acerca de diversos assuntos, dentre eles o debate sobre as questões de gênero que resultou na produção audiovisual, projeto pioneiro do coletivo”, diz a artista Gylez Batista.

TEO estreou nas plataformas digitais no dia 27 de maio de 2021, seguido por uma conversa com as artistas logo após a exibição do filme. Para assistir, basta acessar o canal do coletivo LURA no youtube, através do link:https://bit.ly/3z2fIjQ

 

Curta TEO

Ficha Técnica:
Direção e roteiro: LURA
Direção de fotografia e edição de vídeo: Lares Lares
Direção de Arte: Ariadne Souza
Trilha sonora, edição de som e mixagem: Gylez Batista
Voz do podcast: Nathê Miranda
Assistente de fotografia: Felipe Moraes
Design gráfico: Jéssica Breda
Agradecimentos: Val Morari

Siga: @ lura.producoes

Por Bruno de Paula

Editado por Luiza Camargo




Relacionadas:

Notícias | 18/ 06/ 2021

7ª edição do Festival Se Joga convoca performers e drag queens para evento competitivo

SAIBA MAIS

Notícias | 18/ 06/ 2021

Série Grande Figurinistas: Kalma Murtinho

SAIBA MAIS

Notícias | 17/ 06/ 2021

2ª edição do ELAS Festival convoca fotógrafas profissionais e iniciantes para exposição

SAIBA MAIS

 

O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.