Grátis: Oficina de Produção Teatral

Publicado em: 05/10/2012

As idealizadoras e produtoras do projeto Cemitério de Automóveis 30 anos – Artes do Subterrâneo, a produtora executiva Danielle Cabral e a diretora de produção Wanessa Rudmer, oferecem uma oficina gratuita de produção, a partir deste sábado (6), das 15h às 18h). O curso faz parte do projeto contemplado pela Lei de Fomento ao Teatro, que celebra os 30 anos do grupo do dramaturgo Mário Bortolotto.

As aulas acontecerão aos sábados (dias 6, 13, 20 e 27 de outubro), no espaço Estação Caneca (Rua Frei Caneca, 384, Consolação). Os interessados deverão fazer sua inscrição, enviando currículo ou carta de interesse para o e-mail: produção.cemiterio@gmail.com. Os selecionados serão comunicados por e-mail.

Mais informações aqui.

Sobre as Professoras
Danielle Cabral é atriz e produtora. Graduada em Comunicação Social (Propaganda e Marketing) pela ESPM/SP, Pós-Graduada em Moda e Criação (Faculdade Santa Marcelina), Mestrado em Comunicação (ECA/USP), MBA em Administração, Marketing e Comunicação (ESPM). Na ESPM, foi professora de Planejamento e Avaliação de Comunicação Social (PGE) e Administração (TCC) por seis anos (2001-2006); foi palestrante em eventos da PUC, Rede Globo, LADAL, Abrinq, Nestlé (APAS), entre outros. Trabalha junto à companhia Club Noir desde 2009; junto ao Cemitério de Automóveis desde 2011; participou do Núcleo de Estudos de Atores Profissionais do Grupo Tapa (2007-2009); estudou interpretação na Escola de Atores Nilton Travesso e no Indac.

Wanessa Rudmer é atriz e produtora. Exerce a função de produtora desde 2009, quando trabalhou no Programa Fábricas de Cultura da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, onde foi responsável pelo Distrito Jaçanã. Em 2010, ao lado de Daniela Dezan, idealizou e realizou a 5ª Mostra de Teatro Cemitério de Automóveis, no Centro Cultural São Paulo. No ano seguinte, idealizou e, ao lado de Danielle Cabral, concebeu o projeto da mostra Cemitério de Automóveis 30 Anos – Artes do Subterrâneo, contemplado pelo Programa Municipal de Fomento ao Teatro.




 
Texto: Majô Levenstein