Finalização do Projeto Plantar a Vida

Publicado em: 12/11/2010

O lançamento do projeto “Plantar a Vida” no Brás aconteceu em agosto desse ano e contou com uma palestra sobre índice de áreas verdes, conscientização e qualidade ambiental, ministrada por Célio Campello, engenheiro civil que coordena o projeto na Subprefeitura da Mooca. Agentes de saúde, aprendizes, funcionários e formadores da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco estavam presentes na ocasião.    
 
 
“Plantar a Vida” divulga os conceitos do desenvolvimento sustentável e traz um grande ganho de qualidade quando utiliza como método a participação da comunidade, de diversos setores, em todo o processo, desde o levantamento das condições locais até o plantio das mudas.
 
 
Os aprendizes Natália Oliveira, Leonardo Mussi, Leo dos Santos, Elaine Batista, Isadora Adamy, Iza Alves, Joyce Ribeiro, Lais Uesato, Carliene Tosta, Luana Belém, Paula Viana, Gilberto Barboza, Josiane Souza, Danila Gonçalves, Luciana Ramim, Valéria Lovatto, Bruno Sperança, Raquel Gandolfi, Vanessa Guillen, Sandra Regina, Rafael Martinelli, Daniel Graziane, Anderson Maurício, Paloma Neves e Vania Gomes, participaram do evento mapeando e quantificando as árvores ou ausência delas no entorno da Escola.

 

A SP Escola de Teatro acredita que toda e qualquer ação que contribua com a melhoria do espaço em que vivemos, e neste caso, com a recuperação da área verde de nossa cidade, é sempre bem-vinda. 
 
 

Segundo Campello, a SP Escola de Teatro traz uma grande contribuição ao projeto quando apóia e integra uma parceria que trabalha para a transformação do meio ambiente, que só é possível quando os diversos setores da sociedade se conscientizam de sua importância e passam a ser atores do processo. “A Escola tem dupla função: a primeira com o  trabalho direto no levantamento das árvores existentes nos passeios, por meio da colaboração de seus aprendizes e funcionários e a segunda, de cunho educacional, quando abre espaço para divulgação e expansão da consciência ambiental”, afirma Campello.

 

A finalização do projeto se dará na terça-feira (16), às 15h, no auditório da Escola Senai “Francisco Matarazzo”, situado na Rua Correia de Andrade, 232, Brás. Estão todos convidados.