Afrofuturismo recebe artistas da África e do Brasil para discutir cultura digital

Publicado em: 22/01/2021

Afrofuturismo 2010

A terceira edição do Festival Afrofuturismo acontece entre os dias 29 e 30 de janeiro, totalmente em formato digital, devido à pandemia de Covid-19.

O projeto, organizado pela Quintess e a Vale do Dendê, vai discutir novas narrativas africanas e como a tecnologia pode conectar a comunidade global.

O evento conta com a presença de lideranças, criadores e artistas do Brasil e de vários países da África para falar sobre o afrofuturismo nas artes, suas estéticas e as novas narrativas que estão surgindo globalmente.

“Faremos uma rodada de conversas para discutir formas sobre como utilizar a tecnologia para integrar as comunidades africana e afro-brasileira”, revela o ganês Nana Baffour, que atualmente é Chairman, CEO & Chief Culture Officer da Qintess, uma das 10 maiores empresas de tecnologia do Brasil.

Em 2020, o Afrofuturismo aconteceu  principalmente em Salvador e uniu vários debates e apresentações artísticas e culturais em diferentes regiões da cidade.

Confira toda a programação no site oficial do festival: www.afrofuturismo.com.br




Relacionadas:

Notícias | 26/ 02/ 2021

Grupo Farra ColetivA, com estudantes egresso da SP, se apresenta no Festival TEIMA

SAIBA MAIS

Notícias | 26/ 02/ 2021

Selo Lucias: ‘Para ser um trabalhador da cultura é preciso ter coragem’, diz Ueliton Alves

SAIBA MAIS

Notícias | 26/ 02/ 2021

Série Grandes Dramaturgos: Marta Góes

SAIBA MAIS

 

O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.

Assisdesign