EN | ES

Férias Musicais

Publicado em: 25/07/2011

Conferir atrações culturais que estão em cartaz na cidade ou mesmo procurar clássicos no fundo do baú pode ser uma ótima opção para aproveitar as férias. Veja abaixo as afinadas recomendações do corpo docente do curso de Sonoplastia da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, e aproveite suas horas vagas para, literalmente, criar repertório.

 

Teixeira Indica

A primeira indicação de Raul Teixeira, coordenador do curso, é “Solo a Capella”, show de Bobby McFerrin, músico americano que volta ao Brasil para três apresentações no final de julho, duas no Theatro Municipal do Rio de Janeiro e uma em São Paulo, no Via Funchal, dia 28. “É um dos maiores cantores americanos. Apesar de ser caro, vale muito a pena, pois uma oportunidade única de ver esse cantor que revolucionou a música vocal”, define.

 

O coordenador também recomenda um espetáculo: “Adultérios”, peça de Woody Allen que é montada pela primeira vez no País e marca a reestréia do ator Fábio Assunção no teatro, depois de 11 anos longe dos palcos. Além disso, Eduardo Queiróz, artista convidado de Sonoplastia, assina a trilha original da montagem.

 

Outra sugestão é o filme “Vênus Negra”, de Abdellatif Kechiche, uma história de racismo e preconceito do século 19, em cartaz no Reserva Cultural. No campo da leitura, Teixeira destaca duas obras: “O Sentido do Filme”, de Sergei Eisenstein, e “A Necessidade da Arte”, de Ernst Fischer. “O primeiro é indispensável para qualquer artista e o segundo é um clássico para quem quer fazer trilhas de cinema”, analisa.

 

Para os ouvidos dos aprendizes, o coordenador resgata “um dos maiores festivais da história”, o disco “Flora Purim em Montreux”, gravado no ano de 1974, em um show memorável com participação de Milton Nascimento, Wagner Tiso e Ron Carter. “É uma raridade. Mostra a Música Popular Brasileira em seu auge”, descreve.

 

Eikmeier Indica

O formador Martin Ekmeier recomenda aos aprendizes que acompanhem os trabalhos da Osesp (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo). “Indico pelo repertório, pela chance de conhecer coisas que uma pesquisa musical não daria conta.” Da mesma maneira, o formador destaca a Cinemateca Brasileira, localizada na Vila Clementino. “É um trabalho bem experimental, que oferece novas relações entre música e cena.”

 

Sukorski Indica

“O mais importante é que os aprendizes digiram tudo o que passamos para eles, pois é bastante conteúdo durante o semestre”, salienta Sukorski, artista convidado do curso. Mas, claro, se sobrar tempo desse árduo processo, o música recomenda o Festival Internacional de Linguagem Eletrônica (File), que é realizado no Sesi Paulista.

 

Mais informações:

“Solo a Capella” de Bobby McFerrin

“Adultérios” 

Vênus Negra

Osesp

 

Cinemateca

File