Experimento, a troca como experiência

Publicado em: 03/05/2010

Os módulos dos oito Cursos Regulares da SP Escola de Teatro são divididos em três etapas: Processo, Experimento e Formação. Na primeira etapa, os aprendizes estudaram os Elementos do Realismo. Agora, na segunda etapa, para colocar tudo o que aprenderam em prática, todos os cursos se uniram e foram divididos pelos coordenadores para criarem oito fragmentos de peças dramáticas e cômicas. O Experimento acontece até o final do mês de Maio.
As peças escolhidas para serem trabalhadas são: “O Cerejal”, de Anton Tchekhov; “Auto da Compadecida”, de Ariano Suassuna; “Navalha na Carne”, de Plínio Marcos; “O Inspetor Geral”, de Gógol; “Tartufo”, de Molière; “O Inimigo do Povo”, de Henrik Ibsen; “O Noviço”, de Martins Pena, e “O Telescópio”, de Jorge Andrade.
Os aprendizes de Direção assumiram a condução da tarefa, mas alertaram que o processo não é hierárquico. “Todos estão trabalhando em conjunto. O processo está sendo muito interessante”, revela Nara de Fátima Santos, aluna de Direção.
Espalhados pelos corredores e salas de aula da Escola, as equipes trabalham de maneira independente. O debate entre os participantes é caloroso. “Esse é o momento de colocar em prática toda a teoria que aprendemos. Estamos com muita energia”, conta Gilberto Barbosa de Freitas, aprendiz de Humor.
Os coordenadores e os formadores dos cursos acompanham o processo, mas não interferem na construção. “Cada aluno traz o seu conhecimento e compartilha com o grupo. Trabalho no sentido de registrar os acontecimentos, mas sem interferir”, afirma Grissel Manganelli, formadora de Iluminação.
Para Rogério Francisco da Costa, aluno de Técnicas de Palco, o Experimento é o local do encontro por excelência. “Unir alunos de todos os cursos em um só grupo é enriquecedor. Aprendemos a ser flexíveis e a trabalhar com a diferença das ideias. Nesse momento, estamos nos apoiando um no trabalho do outro”, conclui.
Texto e Fotos: Lucas Arantes 
| SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco | 03/05/2010