‘Eu, Cão, Eu’

Publicado em: 31/05/2013

É um dia comum na vida de um homem igualmente comum, aprisionado por uma rotina, claro, entediante. Depois de ver um vira-lata andando livremente pelas ruas, ele fica fascinado pelo animal e passa a segui-lo, em seu despretensioso caminho pela metrópole.

 

Hugo Possolo escreveu e interpreta o monólogo “Eu Cão Eu” (Foto: Divulgação)

 

Aquele cão representa, para o homem, o que ele deseja e sua própria identidade. Arrebatado e almejando a liberdade, ele deixa a namorada e o trabalho para dar atenção total à sua empreitada de observar o cão, até que uma série de situações levam as duas personagens a, finalmente, se encontrarem. 

 

Este é o enredo de “Eu Cão Eu”, monólogo que está em cartaz no Sesc Pinheiros, com texto e atuação de Hugo Possolo, ator, palhaço e dramaturgo dos Parlapatões. A direção é de Rodolfo García Vázquez, da Companhia de Teatro Os Satyros e também coordenador do curso de Direção da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco. 

 

O texto foi escrito para o festival Satyrianas – Uma Saudação à Primavera, de 2011, quando foi interpretado pelo ator Gustavo Machado. Agora, o próprio autor vive a personagem, em parceria com Vázquez, seu vizinho de Praça Roosevelt. A montagem cumpre temporada até 29 de junho. 

 

Mais informações aqui

 

 

Serviço

“Eu, Cão, Eu”

Quando: Sextas e sábados, às 20h30. Até 29 de junho.

Onde: Sesc Pinheiros

Rua Paes Leme, 195 – Pinheiros

Tel.: (11) 3095-9400

R$ 20

 

 

Texto: Felipe Del

Relacionadas:

Notícias | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Notícias | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS

Uncategorised | 01/ 10/ 2021

Festival Satyricine Bijou anuncia vencedores da mostra competitiva e homenageia a atriz e cineasta Helena Ignez

SAIBA MAIS