Estudantes da SP Escola de Teatro têm cortesias para o espetáculo “A Decadência dos Seres não Abstratos”

Publicado em: 03/02/2020

Cena do espetáculo. Foto: Henrique Mello

Em cartaz até 17 de fevereiro, o espetáculo “A Decadência dos Seres não Abstratos”  oferece 10 cortesias por dia para estudantes regularmente matriculados na SP Escola de Teatro, até o fim da temporada. As apresentações acontecem de sexta a segunda (sex., às 21h; sáb. e dom., às 19h; seg., às 21h.) na unidade Roosevelt da instituição. Para retirar as cortesias, basta apresentar a carteirinha de estudante ou a declaração de matrícula na bilheteria.

O espetáculo que questiona os limites entre o concreto e o alegórico. É um cruzamento do teatro com as artes visuais, construído a partir de dois textos do livro “O Esteticismo Niilista do Número Imaginário” (É Realizações, 2013), de Marcio Aquiles, em que numa sala, um debate entre a Arte, a Matemática, a Filosofia, o Espaço e o Tempo, que surgem como personagens em luta com os humanos pela autonomia e existência de cada um deles. Em paralelo, uma artista plástica em crise criativa levanta questões sobre a angústia da existência.

 

circle

Onde: Sala Alberto Guzik – Unidade Roosevelt da SP Escola de Teatro (Praça Roosevelt, 210, Consolação)

Quando: Sex., às 21h, sáb. e dom., às 19h, seg., às 21h. Até 17/02

Duração: 75 minutos

Quantidade de lugares: 60 lugares

Classificação: 14 anos




Relacionadas:

Notícias | 06/ 12/ 2021

Oficina Olhares: “É possível falar de masculinidade e feminilidade sem sermos binários?”, por Manfrin Manfrin

SAIBA MAIS

Notícias | 06/ 12/ 2021

Oficina Olhares: “As cores da foto do menino no poste estão desaparecendo”, por Milena Siqueira

SAIBA MAIS

Notícias | 06/ 12/ 2021

Oficina Olhares: “Se algo de fato existe, ele é feito de carne e sangra”, por Clara Prado

SAIBA MAIS