Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
EN | ES

Escola Canta “Liberdade, Liberdade”

Publicado em: 23/04/2013

Uma noite de poesia e de exaltação à liberdade marcou o primeiro espetáculo de encerramento do curso “Canto e Impostação Vocal para a Cena Teatral – Introdução à Preparação para Musicais”, ministrado por Fernando Grecco e promovido pelo departamento de Extensão Cultural da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, ontem (22).

 

No 1º andar da Sede Roosevelt, os alunos estavam ansiosos para mostrar ao público que lotou o lugar o que tinham aprendido nesses dois meses, sob a tutela de Grecco e do pianista Breno Ruiz. Antes de a plateia se acomodar, o professor pediu alguns minutos para falar com seus pupilos. “Vocês foram ótimos. Já moram no meu coração. Foi maravilhoso trabalhar com vocês. Muito interessante e arriscado, principalmente pela proposta de montar algo em apenas um mês”, disse o maestro, nos momentos que precederam a apresentação do musical “Liberdade, Liberdade”.

 

Escrito por Millôr Fernandes e Flávio Rangel, em 1965, um ano após o golpe militar que instaurou a ditadura no Brasil, “Liberdade, Liberdade” trata, ironicamente, da busca incessante da humanidade pela tão cantada e decantada liberdade. Assim, o espetáculo traz, com muita música, momentos como a Queda do Império Romano, a Revolução Civil Espanhola ou a Segunda Guerra Mundial, revividos por meio de falas de personagens famosas, como Sócrates, Churchill, Anne Frank, Hitler e até Abraão Lincoln, autor desta máxima: “Pode-se enganar algumas pessoas todo o tempo; pode-se enganar todas as pessoas algum tempo; mas não se pode enganar todas as pessoas todo o tempo”.

 


Em “Liberdade, Liberdade”, frases de importantes personagens da História Mundial (Foto: SP Escola de Teatro/Arquivo)

A montagem, um marco na dramaturgia nacional, foi encenada na íntegra e, pelo som dos aplausos finais, agradou a quem viu… “Espero que o meu boa noite possa tocar os corações de todos, recobrar forças para o amanhã, que brilhará sobre os homens criativos, honestos e de coração sereno”, clama o texto que encerra o espetáculo.
 

Para quem não assistiu, “Liberdade, Liberdade” será reapresentado amanhã (24), às 20h30, na Sede Roosevelt, com entrada gratuita e aberto ao público. Fica o convite!

 Ah, para ouvir dois trechos do espetáculo apresentado na segunda-feira (22), clique aqui e aqui.

Serviço:
Musical: “Liberdade, Liberdade”
Quando: Quarta-feira (24), às 20h30
Onde: SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt
Praça Roosevelt, 210 – Consolação
Tel. 3775-8600
Grátis









Texto: Majô Levenstein

 

 

Relacionadas:

Uncategorised | 16/ 12/ 2021

16 de dezembro é dia do Teatro Amador: Conheça mais sobre essa importante prática cultural brasileira!

SAIBA MAIS

Notícias | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Notícias | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS