Dor da perda inspira solo digital de Ricardo Brighi

Publicado em: 20/08/2020

A perda provoca múltiplos sentidos no homem. É este sentimento tão presente na humanidade atualmente o fio condutor do solo digital do ator Ricardo Brighi, Naquela Noite Eu Olhei pela Janela e Vi a Lua Morrer.

Sob direção de Wesley Leal, o texto escrito pelo próprio ator é encenado aos sábados, 20h, na Sympla, até 26 de setembro. No espetáculo de 50 minutos, o artista amplifica o importante tema.

“A dor da perda em todos os sentidos, da jovialidade, dos amores passados com o tempo, da força do desejo, da volúpia e, junto a elas, traz a reflexão sobre a solidão, que todos um dia – ou quem sabe agora – circundará”, diz.

A obra conta com iluminação de Carolina Jorge, captação de áudio e vídeo a cargo da Tabasco Produções e produção geral da Giostri Cultural, que ainda publicou o texto da peça em livro.

 

CULTURA EM CASA

Assim como outros equipamentos, a SP Escola de Teatro criou uma programação especial na internet para oferecer ao seus seguidores. Assim, está disponível uma série de conteúdos multimídia, como vídeos de espetáculos e de palestras e bate-papos de nomes como as atrizes Fernanda Montenegro, Nathalia Timberg e Denise Fraga, a monja Coen, a escritora Adélia Prado e o pastor Henrique Vieira, além de cursos gratuitos a distância.

O acervo ainda inclui filmes produzidos pela Escola Livre de Audiovisual (ELA) – iniciativa da Associação dos Artistas Amigos da Praça (Adaap), gestora da SP Escola de Teatro – em parceria com instituições internacionais, com a Universidade das Artes de Estocolmo (Suécia).




Relacionadas:

Notícias | 21/ 01/ 2022

Agenda Cultural : As melhores dicas para o seu fim de semana

SAIBA MAIS

Notícias | 21/ 01/ 2022

Estudantes de humor da SP mergulham em curiosa e divertida experiência cênica audiovisual; confira!

SAIBA MAIS

Notícias | 21/ 01/ 2022

No mês da visibilidade trans, Coletiva Profanas, com o apoio do Satyros, promove espetáculo de transdramaturgia na casa de cultura do Butantã

SAIBA MAIS