EN | ES

Difusão Cultural Oferece Nova Forma de Organização dos Cursos

Publicado em: 28/01/2011

Com a ideia de gerar espaços de formação contínua para os participantes, além de estabelecer diálogos mais intensos entre as temáticas oferecidas, a programação dos cursos de Difusão Cultural da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes conta, agora, com formas modulares de cursos.
 

Além dos já oferecidos cursos, de 64 horas, em módulo único, a novidade são os cursos de dois módulos com 32 horas cada um, nos quais os participantes farão sua matrícula para o primeiro módulo e, quando devidamente selecionados e aprovados, terão garantia de vaga para o segundo módulo. Os estudos serão divididos em 24 horas em sala de aula e 8 horas destinadas a atividades extra-sala.
 

Segundo Juliano Casimiro, do setor de Difusão Cultural, a ideia é reconhecer as necessidades do mercado das artes do palco e dialogar com ele, sem, entretanto, gerar dimensões de dependência em relação a esse mercado. “Nosso interesse está para além de oferecer cursos de capacitação profissional, mas sim, em disponibilizar aos interessados um campo fértil para que possamos escrever uma história cênica que considere espaços de reflexões teóricas, práticas e laboratoriais”, revela.
 

As temáticas dos cursos oferecidos atingem áreas múltiplas das artes do palco, tais como: mímica corporal dramática; gestão de projetos cênicos; produção cultural; criação de elementos visuais para o teatro; performance; formas de realismo; teatro clássico oriental; utilização sonora de objetos; reteatralização do teatro e as relações do teatro com a psicanálise.

 

Os orientadores são profissionais de notório reconhecimento, com atuação de destaque no cenário cultural brasileiro, como Alexandre Mate, pesquisador e Mestre em teatro pela ECA/USP; Alice K, diretora e performer; Ana Paula Galvão, especialista em gestão cultural; Heloísa Cardoso, artista plástica; Kil Abreu, jornalista especializado em teatro; Nadja Turenko, atriz, diretora e professora; Paulo Afonso, professor; e músico e Sérgio Zlotnic, psicanalista.

 

Para Casimiro, poucos lugares conseguem reunir um corpo docente tão representativo. “Não se deve esquecer que essas pessoas estão presentes em produções artísticas ou acadêmicas de grande relevância e efervescência. Manter contato com elas é inserir-se nas produções contemporâneas”, finaliza. 

 

O Edital de Abertura das Inscrições estará disponível no site início do mês de fevereiro e, entre os dias 1º e 18/02, devem ser feitas as inscrições para as 340 vagas dos nove novos cursos. O processo de seleção consiste na análise curricular e carta de interesse. As inscrições serão realizadas somente no site da Escola (www.spescoladeteatro.org.br). O candidato deve ser maior de 18 anos e possuir Ensino Médio completo.
 

Foto da capa: Aninha Terra