Dia Mundial de Luta Contra a Aids

Publicado em: 01/12/2012

Hoje, 1º de dezembro, é celebrado o Dia Mundial de Luta Contra a Aids. De olho nisso, a SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco dá uma “mãozinha” ao Centro de Referência e Treinamento DST/AIDS-SP, órgão ligado à Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo e entra na luta contra a doença.

Como parte dessa parceria, a Escola foi espaço para locação do vídeo “E Você? O que Pensa Sobre Isso?”, que, inclusive, conta com a participação de alguns aprendizes no seu casting, como Tony Budnikas (Técnicas de Palco), Fernanda Tessaro e Marina Morena (Atuação), Daniela Ramos e Isis Utsch (Dramaturgia), Camila Oliveira (Direção), entre outros. Para assisti-lo, clique aqui.

A seguir, algumas razões para se ficar ainda mais alerta quando o assunto é aids:
– No Estado de São Paulo, foram notificados 217.367 casos de aids entre 1980 a junho de 2012. Embora o patamar de novas infecções esteja estável e a taxa de óbito tenha caído nos últimos anos, oito pessoas, em média, morrem todos os dias no Estado vítimas da doença;

– O teste rápido do HIV, feito a partir de punção digital, com pequena amostra de sangue, demora cerca de 40 minutos e sua eficácia é igual ao tradicional. Informações sobre as unidades que estarão participando da campanha, bem como dos serviços que irão atender hoje (dia 1º), podem ser obtidas pelo Disque DST/Aids (0800-16-25-50) e aqui;

– Aids cai 36% em 11 anos mas ainda mata 1 a cada três horas em SP. Entre os homens, houve queda de 23% no número absolutos de casos de aids notificados e 31% no total de mortes no período: foram 6.868 ocorrências em 2000, com 2.940 mortes, e 5.270 no ano passado, com 2.019 mortes entre a população do sexo masculino. Já entre as mulheres, em 2000 foram 3.798 casos novos e 1.241 óbitos, contra 2.436 infecções e 987 mortes em 2011. Para mais dados sobre o assunto, clique aqui.

 



  

Texto: Majô Levenstein