EN | ES

Desenho e Estética Compõe Processo Seletivo para o Curso de Cenografia e Figurino

Publicado em: 10/12/2010

Sob o olhar criterioso de J.C.Serroni e Telumi Hellen, coordenador e formadora do curso de Cenografia e Figurino da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, candidatos realizaram prova específica, durante a 2ª etapa da 2ª fase do processo seletivo 2011, na sexta-feira (10).

 

A avaliação foi composta por exercício de linguagem cenográfica, como habilidade manual, desenho de aptidão e noção de espacialidade, composição e estética.

 

A espera de sua prova, Priscila Alexsandra Soares comenta que após terminar sua faculdade de Arquitetura não pensou duas vezes e prestou para o curso. “Fiz um workshop com o cenógrafo Cyro Del Nero enquanto cursava a faculdade, depois disso, sempre desejei estudar cenografia com o Serroni”, conta.

 

O candidato Bruno Alves Manso acaba de se formar em Design de Interiores e até realizou o curso básico do Teatro Escola Macunaíma para entender melhor sobre o tema. “Eu quero isso para mim e para minha profissão, gosto muito de cenografia, seja feito no teatro ou no cinema”, revela.

 

“Mexer com artes e com tinta e construir coisas e realizar projetos é um sonho para mim. Me interessa muito explorar meu lado criativo, por isso prestei Cenografia e Figurino”, revela Aline Guimarães, também candidata ao curso.
 
O curso de Cenografia e Figurino visa uma qualificação na qual o aprendiz recebe noções básicas do fazer cenográfico e da indumentária teatral. O curso tem caráter prioritariamente prático e, para isso, além das oficinas, articula estágios em teatros, centros culturais, produtoras de TV e agências. Aulas teóricas e práticas são complementadas por meio do contato com outros profissionais que já atuam no setor.

 

J. C. Serroni é cenógrafo, figurinista e arquiteto especializado em espaços teatrais. Foi um dos coordenadores do Departamento de Cenografia da Rádio e TV Cultura e, por mais de uma década, coordenou o Núcleo de Cenografia do CPT – Centro de Pesquisas Teatrais do Sesc-SP. Publicou o livro “Teatros do Brasil”, e trabalha no próximo livro, intitulado “História da Cenografia Brasileira”.  Atualmente, divide seu tempo entre a coordenação do curso de Cenografia e Figurino e Técnicas de Palco da SP Escola de Teatro. Também responde  pela coordenação geral do Espaço Cenográfico de São Paulo, um laboratório permanente de reflexão e pesquisa cenográfica.