Desafios no Módulo Vermelho

Publicado em: 13/07/2011

Para colocar em prática tudo o que aprenderam sobre artes cênicas, trabalho em equipe e produção teatral, no próximo semestre, aprendizes do Módulo Vermelho da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, vão enfrentar o desafio de criar um espetáculo inédito, com projetos viabilizados pela Instituição, por meio de um Edital, previsto para ser lançado na sexta-feira (15/07).

 

A ideia é que os aprendizes formem equipes a partir de suas afinidades, interesses artísticos e de trabalho. Com, no mínimo, três pessoas de cursos distintos, eles devem criar uma produção teatral profissional da sua pré até sua pós-produção. O tema é livre, entretanto, as propostas deverão ser desenvolvidas com base nos objetivos pedagógicos e artísticos da Escola.

 

Os projetos devem conter, ainda, uma detalhada descrição da proposta cênica e seu objetivo; definição das funções; justificativa; síntese; termos de ciência e de responsabilidade; referências; bibliografias; e um orçamento simplificado.

 

Cada grupo terá um formador responsável, que vai exercer o papel de orientador do projeto e fará o acompanhamento pedagógico da proposta. Os núcleos poderão indicar o espaço teatral a ser utilizado e até dois artistas que não integrem o corpo docente da Escola para realizar intervenções e abordagens específicas relacionadas às proposições do projeto.

 

A Comissão de Seleção de Projetos e a Coordenação Pedagógica vai avaliar todas as indicações feitas pelos núcleos, para aprová-las ou não. Assim, clareza e objetividade na apresentação das propostas; articulação entre a teoria e as formulações estéticas a serem investigadas no projeto e capacidade de agregar pessoas em torno de uma proposta teatral são alguns pontos que podem ajudar na aprovação da proposta.

 

A Comissão de Seleção de Projetos, formada pelos coordenadores, formadores e artistas convidados vai aprovar até 16 projetos. Os selecionados serão contemplados com uma Bolsa-Estímulo, do Programa Kairós, que deverá ser utilizada integralmente na execução do projeto.

 

Em contrapartida, ao longo da pesquisa e/ou do processo de montagem, os grupos deverão realizar uma abertura da sala de trabalhos para o público e apresentar dois espetáculos com datas definidas de acordo com o calendário da Escola. O resultado deste processo de seleção será divulgado no dia 20 de agosto de 2011.

 

Conheça aqui outros os editais abertos em São Paulo e, de quebra, leia algumas dicas básicas da gestora cultural Ana Paula Galvão, que também é orientadora dos cursos Produção Cultural e Gestão de Projetos Cênicos oferecidos pela SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco.