Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
EN | ES

Dança é destaque no Festival Satyrianas 2021 que acontece nos palcos da unidade Roosevelt da SP

Publicado em: 30/11/2021

A SP Escola de Teatro- Unidade Roosevelt é um dos palcos do Festival Satyrianas 2021, evento artístico que desde 2009 a Adaap é uma forte parceira na realização. Neste ano, em sua 22ª edição, o festival reúne mais de 500 atrações com artistas de diversos lugares do país e de múltiplas áreas entre os dias 2 a 5 de novembro (quinta a sexta-feira). O tema desta vez é Onde o Tempo Não Para, inspirado na música “O Tempo Não Para”, de Cazuza.

A celebração de abertura deste ano será às 18h00, desta quinta-feira (02), na sala de cinema Satyros Bijou, localizada na praça Franklin Roosevelt, e será transmitida pelo Facebook da Cia Os Satyros.

A programação do festival explora múltiplos campos artísticos e a dança é um deles. Durante esses cinco dias, grande parte das apresentações serão voltadas para a área, dessas destaca-se a Mesa de Debate que ocorrerá sábado, às 17h00, e na qual participarão Rodrigo Cândido, da Cia Diversidança, Rosângela Alves, da Cia Zona Abgbara, Bárbara Santos , do Coletivo Olhares de Guiné e Renan Marangoni, do Corpo Molde. Eles discutirão o tema “Dança nas quebradas, formação de redes de afeto e sustentabilidade” .

O Satyrianas também será um espaço de pré-estreia! Haverá uma prévia da apresentação de dança contemporânea Sagrado Seja o Caos, às 19h. A obra almeja criar, refletir e pesquisar uma poética que contemple o fazer presente da desordem, potencializando o poder do corpo feminino em cena. “Dentro dos encontros e da possibilidade de reexistir, viver nesses últimos tempos tem nos colocado em uma gangorra, que sustenta a instabilidade, o desequilíbrio e o balanço das sensações descontroladas na busca constante pela cura, que deságua no silencio do existir.” O espetáculo é promovido pela Dentro Nós Cia Dança, que pesquisa e aprofunda os estudos do corpo redemoinho, aquele nunca para e que dialoga e movimenta o fluxo das relações, enxergando a dicotomia entre o ser e o estar. “Eu sou o caos ou eu estou no caos?”, objetiva-se despertar o público a partir das mesmas inquietações que surgiram durante o processo criativo. Vale ressaltar que a estreia oficial do espetáculo será no dia 20/12, às 20h, pelo Youtube do portal MUD.

 Outro espetáculo interessante que tomará a Sala Antônio Pompeo (sexto andar da sede Roosevelt da SP), nessa mesma data (4/12), às 20h30, é O Peso do Corpo que Risca, uma proposta cênica do coletivo Black in Lak’ech, que trará reflexões a partir das vivências individuais e coletivas dos intérpretes nas zonas periféricas, para isso o grupo se debruça sobre a cultura afro-diaspórica. A pesquisa que sustenta a apresentação é sobre corporeidade periférica, atravessando as manifestações culturais do Afro Dance, Danceball e Funk, e resultando em um trabalho de composição coreográfica representante das vozes ocultas. O Black In Lak’ech é um coletivo de dança periférico fundado em 2020, e tem o intuito de levar arte para dentro da comunidade.

 

Confira baixo a programação dos eventos do Festival Satyrianas 2020 que ocuparão o espaço da SP – Sede Roosevelt:

 

QUINTA-FEIRA, DIA 02 DE DEZEMBRO

19h – Modernismo: Tradição e Rupturas – Onde: SP Escola de Teatro – Unidade Roosevelt (saguão)

20h – Capítulo II, de Marco Fábio de Faria. (DramaMix).  Direção: Miguel Arcanjo Prado. Elenco: Terená Kanouté, Rodrigo Alcântara e Miguel Arcanjo. Onde: Sala Hilda Hilst (8º andar).

20h30 – E Depois?, de Kiko Marques. (DramaMix).  Direção: Vanessa Bruno. Assistência de direção e trilha sonora: Chico Ribas. Elenco: Lara Arvati e Osmar Pereira. Onde: Sala Vange Leonel (4º andar).

21h – Réquiem para ausências –  Texto: Vitor Oliveira, Direção e elenco: Cia Astreia, companhia de teatro do ABC. Onde: SP Escola de Teatro – Unidade Roosevelt – Sala Antônio Pompêo (6º andar).

21h – Um homem, de Rubens Rewald e Thais de Almeida Prado. (DramaMix). Direção: Rubens Rewald. Elenco: Natália Lorda e Thais de Almeida Prado. Onde: Sala Alberto Guzik (1º andar).

22h – O que meu corpo nu te conta?, de Marcelo Várzea. (DramaMix).  Direção: Marcelo Várzea. Elenco: Coletivo Impermanente. Onde: Sala Hilda Hilst (8º andar).

22h30 – Necrópolis, de Luis Eduardo Souza. (DramaMix). Direção, adaptação, trilha sonora, figurino: Dionísio Neto. Elenco: Dionísio Neto. Produção: Companhia Satélite. Iluminação e operação de luz e som: Roberto Herrera Bueno. Onde: Sala Vange Leonel (4º andar).

22h30 – Sertânia, de Dionísio Neto. (DramaMix).  Direção, trilha sonora, figurino: Dionísio Neto. Elenco: Dionísio Neto. Onde: Sala Vange Leonel (4º andar).

23h – A primeira cena, de Naiade Margonar. (DramaMix).  Direção: Luna Martinelli. Elenco: Carolina Splendore. Onde: Sala Alberto Guzik (1º andar).

23h59 – Lorem Ipsum Dolor Sit Amet, de Vana Medeiros. (DramaMix).  Direção: Ronaldo Serruya. Elenco: Camilla Flores. Onde: Sala Hilda Hilst (8º andar).

SEXTA-FEIRA, DIA 03 DE DEZEMBRO

14h – PERDIDOS (Teatro Adulto) –  Texto: Direção: João Paulo Guerra. Elenco: João Paulo Guerra e Cauê Araújo. Onde: Sala Hilda Hilst (8º andar). 14 anos.

16h – Histórias de Morte e Outros Assombros (PerforMix) – Performers: Giovanna Rubbo e Malu Paixão. Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar). 12 anos.

17h30 – A dura vida de Gorete Assis (Teatro Adulto) – Quando: Sex, 03 de dezembro às 17h30. Quando: Sex, 3/12 às 17h30. Onde: Sala Vange Leonel (4º andar). 14 anos.

18h – Afroapocalíptico capítulo 1, de Rodrigo Jerônimo. (DramaMix). Direção e elenco: André Lu. Onde: Sala Alberto Guzik (1ºandar).

18h – ARTÉRIAS LUMÍNICAS (PerforMix) –  Performer: Nataly França Mamede. Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar). Livre.

18h – Feira de livros Giostri – Onde: SP Escola de Teatro – Unidade Roosevelt (saguão)

19h – A gente se acostuma com o fim do mundo, de Eduardo Baszczyn. (DramaMix).  Direção: Fábio Vanzo. Elenco: Sabrina Denóbile e Guilherme Andrade. Produção: Julia Bobrow. Onde: Sala Hilda Hilst (8º andar).

19h – Capítulo IV: A topografia do Carneiro (Teatro Adulto) – Texto e Direção: Alexandre Marchesini. Elenco: Alexandre Marchesini, Beatriz Correa, Ana Barreto, Arthur Borges e Karla Samantha. Áudio: Fernanda Stefanski. Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar). 14 anos.

19h – Modernismo: Tradição e Rupturas – Projetos de Instalação do Curso de Iluminação 2021 – Onde: SP Escola de Teatro – Unidade Roosevelt (saguão)

19h30 – Paixão e outras formas de se viver uma tragédia (Teatro Adulto) – Texto: Daniel Belizário. Direção: Augusto Haagensem. Quando: Sex, 03/12 às 19h30. Onde: Sala Vange Leonel (4º andar). 14 anos.

20h – Vermelho Noir, de Clara Averbuck. (DramaMix). Direção: Clara Averbuck. Elenco: Clara Averbuck. Onde: Sala Alberto Guzik (1º andar).

* Transmissão simultânea ao vivo.

20h30 – SUPRAFÍCIE (PerforMix) – Performer: Nataly França Mamede. Onde: SP Escola de Teatro – Unidade Roosevelt – Sala Antônio Pompêo (6º andar). Livre.

21h – Revlon 45, de Fernanda D´Umbra. (DramaMix). Texto, direção, iluminação e interpretação: Fernanda D’Umbra. Onde: Sala Hilda Hilst (8º andar).

21h30 – Mini Orquestra de Macondo (SatyriSom) – Voz e Violão: Juliano Mendes. Contra Baixo e Voz: Brenda Teixeira. Guitarra e Voz: Luca Grecco. Viola: Gylez Batista. Bateria: Pedro Ribeiro. Onde: Sala Vange Leonel (4º andar). Livre.

21h30 – O BANHO DE SOL DA BARATA: UMA LEITURA DRAMATIZADA (SatyriBlack – Teatro Adulto) –  Texto: Ueliton dos Santos Alves (YOUtsa). Direção: Anderson Vieira. Elenco: Amanda Cris e Karina Pimentel. Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar). Livre.

22h – Será Ou Não Será? A Outra Parte, de Abelardo Araújo. (DramaMix). Direção e elenco: Karina Bastos. Onde: Sala Alberto Guzik (1º andar).

23h – A noite em que tentei ser Jean Cocteau, de Renato Andrade. (DramaMix). Direção: Fábio Lucindo. Elenco: Fábio Lucindo. Onde: Sala Hilda Hilst (8º andar).

23h – Retalhos – uma colcha de narrativas (Teatro Adulto) – Texto e Direção: Lucas Ronconi. Elenco: Alícia Ignácio, Júlia Delgado e Lucas Ronconi. Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar). 16 anos.

23h30 – Marias: Memórias encarceradas (PerforMix) –  Performers: Carol Medeiros, Marina Rodrigues, Maruan Molero e Yasmin Moraes. Onde: Sala Vange Leonel (4º andar). 16 anos.

23h59 – Dois poetas num país brutal, de Denio Maués. (DramaMix).  Direção: Bruno Perillo. Elenco: Nicole Cordery. Onde: Sala Alberto Guzik (1º andar).

SÁBADO, DIA 04 DE DEZEMBRO

00h30 – Apenas um Sonho Americano (Teatro Adulto) – (60 min – SP) . Dramaturgia: Lais Mendes Pimentel, Evana Ribeiro e Rodrigo Ferraz. Direção: Rodrigo Ferraz.. Elenco: Carola Valente, Roberto Herrera e Leandro Ganth. Participações Especiais em Audio: Nany People e Débora Olivieri!. Onde: Sala Hilda Hilst (8º andar). 16 anos.

14h – O Corpo Marcial – preparação do ator. (Oficinas e Workshops) –  Instrutor: Fabio Melgarejo. Onde: Sala Alberto Guzik (1º andar). Livre.

14h – PLUFTHY O FANTASMINHA GAY E A TERRÍVEL PIRATA PURPURINEX (Teatro Satyrianinhas) –  Texto e Direção: Silvio Mello. Elenco: Vânia Guima, Matheus Souza Silva, Tina Carmélia, Kimberlly Gomes, Larissa Bumba,Rhadygia Rubal, Luiza Silva, Jénnyfer de Araújo, Rhyanna de Araújo, Marya Rita, Gabriel Guimarães, Mariana Stefani e Sabrina Quinto. Onde: Sala Vange Leonel (4º andar). Livre.

15h – Dramaturgia em Ação: Fôlego – Ensaio sobre tudo o que aconteceu (Teatro Adulto) –  Texto: Danilo Stavale. Direção: Cadu Cardoso. Elenco: Adriane Hintze e Ada Anjos. Onde: Sala Hilda Hilst (8º andar). 12 anos.

15h – Feira de livros Giostri –  Onde: SP Escola de Teatro – Unidade Roosevelt (saguão)

15h – Oficina Composição Coreográfica a partir do estudo de temas de movimentos. (Oficinas e Workshops – DançaMix) – (90 min – SP).  Onde: Sala Antônio Pompêo. (6ª andar).

16h – Canário (PerforMix) – (15 min – SP). Performer: Patrick Soares. Onde: Sala Alberto Guzik (1º andar). 16 anos.

17h – Évolon – Uma experiência vertical (Cia Base) –  (25 min – SP). Concepção e direção: Cristiano Cimino. Elenco: Gabriela Bagno, Jéssica Guedes, Monica Diniz, Adriana Sabbag, Leila Barros. Técnico vertical: Sergio de Souza. Onde: Fachada do prédio da SP Escola de Teatro – Unidade Roosevelt. Livre.

17h – FCO Record’s (SatyriSom) – Apresentação de músicas autorais lançadas em 2021.(60–min–SP). iCantores Lumi ,FVL, JohnLeep ,Trap RiqxRich. Cantor Rap (Hip-Hop) Bobsond Jah e Caf. Cantor Funk: MC G da DS, Fotógrafa: Joy Pereira. Onde: Sala Hilda Hilst (8º andar). Livre

17h – Mesa de Debate “Dança nas quebradas, formação de redes de afeto e sustentabilidade” (DançaMix) – (70 min – SP). Com Rodrigo Cândido (Cia Diversidança), Rosângela Alves (Cia Zona Agbara), Bárbara Santos (Coletivo Olhares de Guiné) e Renan Marangoni (Corpo Molde). Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar).

17h30 – Lumee//Prismo Luma Garcia (SatyriSom) – (45 min – SP). Diretora: Luma Garcia. Cantora: Luma Garcia (Lumee). Guitarrista 1: Guilherme da Matta (Prismo). Guitarrista 2: Michelle Muratian. Baixista: Leandro de César. Figurino: Luma Garcia. Composições: Luma Garcia e Guilherme da Matta. Onde: Sala Vange Leonel (4º andar). 14 anos.

18h – II MANIFESTO OBSCENO, de Alex Araújo. (DramaMix).  Direção: Alex Araújo. Elenco: Daiane Sousa. Produção: Cia do Caminho Velho. Onde: Sala Alberto Guzik (1º andar).

18h30 – Solo “Existindo” (DançaMix) – (5 min – SP). Bailarina e coreógrafa: Fabiana Vintem. Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar).

19h – En las Montañas [leitura em espanhol], de Miguel Arcanjo Prado. (DramaMix). No coração da América Latina, a vida de viajantes se encontra de um modo inesquecível. Direção: Miguel Arcanjo Prado. Elenco: Abel García, Carol Hubner, Elba Mamani, Gui Awazu, Pipa Luke e Rodrigo Barros. Onde: Sala Hilda Hilst (8º andar).

19h – Modernismo: Tradição e Rupturas – Onde: SP Escola de Teatro – Unidade Roosevelt (saguão)

19h – Pré-estreia do espetáculo “Sagrado Seja o Caos” – com a Cia Dentre Nós. (DançaMix). (45 min – SP). Direção: Rivaldo Ferreira. Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar).

19h30 – O ÚLTIMO POETA VIVO, de Marcelino Freire e Raimundo Moura. (DramaMix). “O ÚLTIMO POETA VIVO”, texto inédito de Marcelino Freire, que assina a direção ao lado do ator Raimundo Moura, que estará à frente no papel do poeta que, em noite de lançamento espera pelos leitores chegarem e eles nunca vêm. Direção: Mercelino Freire. Elenco: Raimundo Moura. Onde: Sala Vange Leonel (4º andar).

20h – Compartilhamento cheio: Performance – Palestra – Denúncia (PerforMix) – Compartilhamento cheio: Performance Palestra Denúncia traz Patricia Lacombe performando suas memórias com a filha atriz Isa Corigliano e caçula Analu Lacombe sob direção de Alexandre Marchesini, experimentando no corpo, na imagem e no audiovisual as relações de invisibilidade que o machismo mais subcutâneo pode esconder na pele de uma feminista que ocupa diferentes papéis e se percebe diante de uma escuridão silenciosa quando, ao escrever sua tese, flagra uma coleção de abusos guardados no pendrive de seu marido. (75min – SP). Performers: Patrícia Lacombe, Isa Corigliano, Analu Lacombe e Alexandre Marchesini. Onde: Sala Alberto Guzik (1º andar). 14 anos.

20h – Solo “Apuro” (DançaMix) – Pelo amor incondicional e entrega à pureza de quando criança, surge a curiosidade pelo afastamento, o contato com a sombra, o outro lado. Apurando o próprio ser mesmo que em apuro. (5 min – SP). Bailarino: Rubens Silva. Coreografia: Manuel Gomes. Figurino: Fábio Namatame. Música: Blow The Wind – Pie Jesu/Jocelyn Pook. Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar).

20h15 – Videodança “Entre Espaço Onde Tudo Existe” (DançaMix) –  @_marcusmoreno. (10 min – SP). Concepção e Dança: Marcus Moreno. Direção, Fotografia e Montagem: Pri Magalhães. Assistência de Fotografia: @pauliana.mr. Trilha Original: @antonioportomusic. Design Gráfico e Mídias Digitais: @juvinagre. Apoio e Midias Sociais: Portal MUD. Assessoria de Comunicação: @elainecalux. Coordenação de Produção: @cristianeklein @dionisioproducao. Produção Executiva: @elenorjunior. Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar).

20h30 – Espetáculo “O Peso do Corpo que Risca” (DançaMix) – Com Cia Black In Lak’ech – (25 min – SP). Elenco: Brena Alves, Robson Rosa, Vanceli Masta, Vinee Walker. Direção: Coletiva. Produtor: Daniel Marques. Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar).

21h – Cinzas em Berlim, de Paula Autran. (DramaMix). Direção: Paula Autran. Elenco: Marcos Suchara e Luisa Helene. Onde: Sala Hilda Hilst (8º andar).
* Transmissão simultânea ao vivo.

21h20 – Espetáculo “O Palhaço” (DançaMix) – Com Clara Hornis e Rubens Oliveira (5 min – SP). Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar).

21h30 – Curta-metragem de dança experimental “HYDRA” (Conexões Internacionais – DançaMix) – Berlim, Alemanha – Curta-metragem de dança experimental, que parte da recém chegada da performer Natasha Vergilio na cidade de Berlim, Alemanha. A film by Dan Caetano & Natasha Vergilio. Music by Huma-Huma – “Hydra” & “Nevada City”. Gênero: Filme experimental, vídeo dança, vídeo arte. Ano de produção: 2019. (4 min – BERLIM/ALEMANHA). Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar).

21h30 – Os profissionais, de Marcio Tito. (DramaMix). A diva Inês Remanso aponta uma arma para a cabeça de um jovem ator porque são vizinhos e não se conhecem. Direção: Júlio Oliveira. Elenco: Fabrício Castro e Samira Lochter. Onde: Sala Vange Leonel (4º andar).

21h40 – Videodança “Teresas” – Cia da Vila (DançaMix) –  (10 min – SP). Bailarinos: Clara Hornis, Daru Liberato, Julio Françozo, Rebeca Tadiello e Cristina Rother. Direção: Priscila Magalhães. Coreografia: Liliane de Grammont. Direção de Imagem: João Leão. Produção: Bronca Filmes e Nome Filmes. Onde: Sala Antônio Pompeo (6º andar).

22h00 – Espetáculo “Protagoniza Mulher” (DançaMix) – Com Núcleo Pluráttis – (12 min – SP) Elenco: Larissa Souza, Larissa Vieira, Vanceli Masta Direção: Coletiva. Onde: Sala Antônio Pompeo (6º andar).

22h00 – Jardim da Conquista, de Celso Cruz. (DramaMix). Direção: Celso Cruz. Elenco: Marcos Suchara. Onde: Sala Alberto Guzik (1º andar).

* Transmissão simultânea ao vivo.

22h20 – Videodança “Fragments” (Conexões Internacionais – DançaMix). – Paris, França – Com Juliana Kis – dirigido por Clément Cogitore & Bintou Dembele e performado na Ópera Bastille em Paris. (4 min – PARIS/FRANÇA). Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar).

22h25 – Videodança “A Sense Of Touch” (Conexões Internacionais – DançaMix). – Paris, França – Com Juliana Kis – Estreou no 2º Curta-metragem de Dança apoiado pelo Polaris Dance Theatre. Portland, Oregon. Convidado a participar da exposição de videodança no evento ‘CAPUT’. O evento apoiou pesquisas de artistas de diversos países. (4 min – PARIS/FRANÇA). Concept & Performer: Juliana Kis. Filmmaker: Guillaume Baudusseau. Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar).

23h – Até quando?, de Clóvys Torres. (DramaMix).  Até quando? É sobre espera, fuga e esperança. Direção: Clóvys Torres e Cristina Cavalcanti. Elenco: Clóvys Torres e Cristina Cavalcanti. Onde: Sala Hilda Hilst (8º andar).

23h30 – JACKPOT (PerforMix) –  (60 – min – SP). Direção e Elenco: Soraia Costa e convidado. Onde: Sala Vange Leonel (4º andar).

23h59 –  Direção: Jonatan Cabret. Elenco: Chris Ferreira, Hiago Christe, Marcela Borges, Viviane Borges e Talles Paz. Onde: Sala Alberto Guzik (1° andar).

DOMINGO, DIA 05 DE DEZEMBRO

00h30 – Vamos celebrar a vida! Show de variedades (SatyriTrans) – Idealização: Márcia Dailyn. Onde: Sala Hilda Hilst (8º andar).

14h – Feira de livros Giostri –  Onde: SP Escola de Teatro – Unidade Roosevelt (saguão)

14h – Pocket Show – SUKATA O MUSICAL (Teatro Satyrianinhas) – Canções inesquecíveis – Pocket Show com as canções do Espetáculo Sukata o Musical. Piano e Voz.  Texto e Direção: Alexia Annes. Elenco: Alana Oliveira, Ana Livia Kanno, Gabriela Silveira, Luana Rodrigues, Raphaella Paes, Madu Almeida e Marina Ginesta. Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar). Livre.

14h – Show “Boneca Russa” (SatyriSom) – O show “Boneca Russa” da banda “vitruviana” traz elementos do pop/progressivo com pitadas de MPB. Passeia desde o questionamento sócio/político, análise introspectiva ou simplesmente celebração da vida, com arranjos e letras refinadas ao mesmo tempo radiofônicas. (60 min – SP). Onde: Sala Alberto Guzik (1º andar). Livre.

14h30 – Fadário (Teatro Adulto) – Duas pessoas, um chá e uma espera. Na sombra da árvore a história se refaz, tentando entender qual a linha que separa a razão, da loucura. Qual o preço da falsa liberdade? Qual o limite pra se livrar de si? Até que ponto consegue aguentar? Você segura na fé, até ela te soltar. Desvaneceu o filho. O Jardim está pronto. O navio chega logo. Por hora, o chá está à mesa. (40 min – SP). Texto e Direção: Tiago Marcon. Elenco: Persona 1 – Afonso Torres Persona 2 – Márcio Guimarães. Onde: Sala Vange Leonel (4º andar). 14 anos.

16h – Eu falei de mais de mim – Leitura Dramatizada (Teatro Adulto) – Isolamento. Solidão. Dúvidas. Angústia. De onde vem as crises de uma mulher? O isolamento, devido a uma pandemia mundial, pode aumentar inseguranças que insistem em não passar. É possível quebrar esse ciclo? (40 min – SP). Texto: Erica Alves. Direção: Fernanda Faran. Elenco: Erica Alves, Shirlei Souza e Renata Maria Nogueira. Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar). 16 anos.

16h – Excesso de peso (Teatro Adulto) – Vera, Sofia, Filó e Renata, quatro amigas de longa data, viram o aeroporto de cabeça para baixo tentando embarcar para Cancún. É aniversário de Filó e elas tem uma tradição de comemorar cada aniversário em um lugar diferente. Péssima notícia para as atendentes do aeroporto, que terão que enquadrar essas 4 amigas. (40 min – SP). Texto: Maria Valéria Domingues. Direção: Sandra Elisabet. Elenco: Gabriela Gasparini, Luciane Peligotti, Minnie Annie, Nataly Sobah e Sandra Elisabet. Onde: Sala Alberto Guzik (1º andar). 16 anos.

16h – Humano à Vista, de Flavio Goldman. (DramaMix). Duas pessoas acreditam estar sozinhas no mundo, após uma catástrofe planetária – apenas os ratos também circulam pela face da Terra. Até que avistam ao longe um vulto – que se aproxima lenta mas determinadamente. Direção: Teatro dos 4. Encenação e interpretação do Teatro dos Quatro: Anderson Negreiro, Bruno Perillo, Heitor Goldflus e Rita Pisano. Onde: Sala Hilda Hilst (8º andar).

17h – MUDO, de Mário Viana. (DramaMix). Embora continue a falar, um homem deixa de ser escutado pelos outros. Graças a uma memória prodigiosa, ele decora todos os poemas e textos teatrais que encontra, mas não consegue que o ouçam. Até o dia em que encontra um velho ator desmemoriado. Direção: Fábio Penna. Elenco: Fábio Penna. Onde: Sala Vange Leonel (4º andar).

18h – Eu(,)g(ê)nia, de Luigi Paolo. (DramaMix). Em uma partida de xadrez os jogadores descobrem que há muito mais em jogo do que o que mostra o tabuleiro. Direção e Dramaturgia: Luigi Paolo. Dramaturgismo: Levi Corrêa. Elenco: Shirlei Souza e Levi Corrêa. Onde: Sala Alberto Guzik (1º andar).

18h – Nó Pornográfico – uma performance inspirada no universo Rodriguiano (PerforMix) – Sem uma linha linear entre o tempo e espaço, a narrativa livre se constrói através de cenas efêmeras, trazendo as mulheres arquetípicas da dramaturgia de Nelson Rodrigues em uma releitura performática. A atmosfera rodriguiana orquestra a performance. o adultério, a morte e a moral andam em procissão rumo ao desconhecido. Em o nó pornográfico o amor e o desejo discutem a relação. (40 min – SP). Performer: Bia Barros. Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar).12 anos.

19h – Grão-mundo, de Denizart Fazio. (DramaMix). Depois de uma noite em claro, duas mulheres tentam se reconciliar com as marcas do tempo, com suas feridas e as lacunas do passado, enquanto passam um café. Direção: Denizart Fazio. Elenco: Janaína Mello e Marcela Harano. Onde: Sala Hilda Hilst (8º andar).

* Transmissão simultânea ao vivo.

19h – Modernismo: Tradição e Rupturas – Projetos de Instalação do Curso de Iluminação 2021 – Os trabalhos apresentados fazem parte de um projeto de pesquisa a partir do tema proposto pela SP Escola de Teatro: Modernismo, Tradições e Rupturas. Olhando para a Semana de 22, alunes da Linha de Estudo de iluminação pesquisaram artistas que estão ou estiveram na cena após esse período e que se relacionam com as questões que foram trazidas pelo Modernismo Brasileiro, refletindo sobre as tradições mantidas em oposição às rupturas que surgem. As instalações têm como premissa utilizar a luz como matéria prima e principal fonte de expressão. O que será visto são exercícios realizados em um tempo-espaço curto, pesquisas realizadas em sala de aula com os materiais disponíveis na escola. Onde: SP Escola de Teatro – Unidade Roosevelt (saguão)

19h30 – Faraó Tropical – Aquilo que se raspa para o novo (SatyriBlack – Teatro Adulto) – Faraó Tropical – Aquilo que se raspa para o novo é um experimento que usa elementos da Spoken Word junto a experimentações sonoras para narrar o transe de um indivíduo negro brasileiro que receberá em seu corpo o espírito do faraó Tuntankamon. Que conhecerá o Sul do mundo, beberá com os vivos e saudará os mortos. (50 min – SP). Texto, Direção e Atuação: Rafael Cristiano. Quando: Onde: Sala Antônio Pompêo (6º andar). Livre.

19h30 – Tempo sob assédio, de DUAS ALEGORIAS TEATRAIS e Mauri Paroni. (DramaMix). Num falso manicômio e diante de uma câmera ocorre a leitura de autos existenciais sobre a nossa condição humana, assediada por variantes do tempo, lugar, afeto, moral e política. Um abalo sísmico que se procura dimensionar através da leitura teatral e imagética. Elenco: Arara Xestal, Afredo Attié, Brenda Oliver, Isabel Prado, Karina Pimentel, Kenji Suguimoto, Marcos Reaux, Pedro Urizzi. Elenco pluralista composto de mulher trans, empresário ariano, performer-dresser, empresário nipônico, ariano, atriz preta, atriz branca, diretor de cinema, jurista importante, dramaturgista deficiente físico. Onde: Sala Vange Leonel (4º andar).

20h – “O que temos pra hoje”, de Thiago Tenório. (DramaMix). Num futuro onde os teatros foram destruídos, uma personagem soterrada recebe a inesperada visita da plateia. Direção: Herácliton Caleb. Elenco: Bruno César de Oliveira. Onde: Sala Alberto Guzik (1º andar).

* Transmissão simultânea ao vivo.

21h30 – Fragmentos Coreográficos / Clã Higure / Inter-Nacional 2




Relacionadas:

Notícias | 15/ 08/ 2022

Gargarejo Cia. Teatral apresenta projeto em que revisita obras clássicas de Machado de Assis na próxima terça (16), na SP

SAIBA MAIS

Notícias | 15/ 08/ 2022

Miguel Rocha, artista egresso da SP e diretor da Cia. de Teatro Heliópolis, é indicado ao Prêmio APCA 2022; veja entrevista exclusiva!

SAIBA MAIS

Notícias | 15/ 08/ 2022

SP Escola de Teatro e Itaú Cultural promovem a 1ª Edição do Seminário O Sujeito Histórico do Teatro de Grupo do Estado de São Paulo

SAIBA MAIS