EN | ES

Dança dos Orixás: Workshop com Augusto Omolú

Publicado em: 07/10/2010

Um intenso trabalho dedicado ao axé (energia) físico, espiritual e dinâmico, conectado ao mundo dos Orixás, é o mote de estudos do seminário sobre a dramaturgia do movimento no âmbito da Antropologia Teatral, ministrado por Augusto Omolú, ator e dançarino do Odin Teatret, grupo dirigido por Eugenio Barba.
 

Por meio de um delicado trabalho de contato e apropriação das energias peculiares de diferentes divindades, o seminário, que recebeu o nome de “Dança dos Orixás”, é destinado a atores e bailarinos e está com as inscrições abertas até o dia 1º de novembro.
 

O traço em comum com a Antropologia Teatral de Eugenio Barba e, antes disso, com o método descrito por Constantin Stanislavski, está na busca das raízes mais autênticas e explosivas da comunicação no ato dramatúrgico, na presença cênica e na eloquência do corpo.
 

A ideia é concentrar estudos nas imensas possibilidades dramáticas inerentes à psicodinâmica da sua dança. O treinamento enfoca a dialética que existe e é liberada entre duas forças opostas: a pressão (externa) da expressão corporal intensa e a unidade (interna) de uma força de reação que se opõe à ação dinâmica do primeiro modelo, dando-lhe forma que resulta em um real e efetivo poder de comunicação dramatúrgica.
 

“Dança dos Orixás” é um trabalho sobre questões relacionadas com a natureza – água, ar, terra e fogo – para aprofundar a consciência corporal e os gestos dramáticos. É um trabalho para todos que buscam explorar a sua energia interior conectando-se com o espírito vital do mundo exterior.
 

Figura central no teatro mundial, Barba trabalhou diretamente com Jerzy Grotowski, durante três anos, e foi responsável pela divulgação de seu trabalho no Ocidente. Dirigiu 65 espetáculos com o Odin Teatret e com o grupo Theatrum Mundi Ensemble. O método de trabalho criado por Barba faz com que algumas de suas peças necessitem de mais de dois anos para serem finalizadas.  
 

Em maio desse ano, a SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, trouxe o diretor Barba para São Paulo para um encontro aberto ao público. Os mais de  800 lugares do Teatro Sérgio Cardoso, não foram suficientes para a apresentação de Eugenio Barba e Julia Varley, atriz que há 34 anos atua, junto com o diretor, no Odin Theatret.
 

Em novembro de 2009, a Escola também trouxe a São Paulo Jan Ferslev, ator integrante há mais de 20 anos do grupo Odin Teatret. Na ocasião, o ator fez demonstração de seu trabalho e explicou como funciona o método que o diretor está habituado a trabalhar. “Às vezes, começamos um novo trabalho do zero, com uma imagem ou uma ideia. É assim que criamos. Nunca temos uma ideia fechada. Procuramos sempre, em conjunto, os caminhos onde os momentos certos se encontram.” 
 

Entre os seus principais espetáculos de Barba estão: “Ferai” (1969), “Min Fars Hus”, (1972), “Le Ceneri di Brecht”, (1980), “Il Gospel Secondo Oxyrhincus”, (1985), “Talabot”, (1988), “Itsi Bitsi”, (1991), “Kaosmos”, (1993) e “Mythos” (1998). Algumas produções mais recentes são “Sale”, “Grandi Città sotto la Luna”, “Il Sogno di Andersen”, “Ur-Hamlet” e “Don Giovanni all’Inferno”, em colaboração com o Grupo Midtvest.

Serviço:
Workshop “Dança dos Orixás” com Augusto Omolú
Data: de 22 a 26 de novembro de 2010.
Horário: Das 14 às 18 horas.
Vagas: 25
Local: Sala Crisantempo
Endereço: Rua Fidalga, 521, Vila Madalena, São Paulo.
 

Mais informações:
Palipalan Arte e Cultura
Telefone: (11) 3151.3982