EN | ES

Confira como foi a palestra “Melhor ter uma máscara do que nenhum rosto” de Ntando Cele

Publicado em: 30/11/2023 | por: Ethieny Karen

Fotografia Colorida de Palestra, “Melhor ter uma máscara do que nenhum rosto”, com Ntando Cele na Roosevelt

Palestra, “Melhor ter uma máscara do que nenhum rosto”, com Ntando Cele na Roosevelt. (10/11/2023). | Foto: Ana de Castro/ADAAP

A SP Escola de Teatro recebeu no dia 10/11 a performer, atriz e diretora sul-africana Ntando Cele, que ministrou a palestra “Melhor ter uma máscara do que nenhum rosto”. O evento foi uma parceria da SPET com a Mostra Internacional de Teatro de São Paulo (MITsp). 

Durante a palestra, Cele falou sobre sua carreira e seus trabalhos em diversos países apresentando “Black Off”. A peça traz um “whiteface” e critica comportamentos e pensamento racistas que brancos têm sobre negros e africanos. De uma forma satírica e com um humor ácido, ela escancara atitudes comuns de pessoas brancas no cotidiano.

A atriz sul-africana também destacou que muitas pessoas negras utilizam máscaras para que elas se tornem mais aceitas e destacou a falta que personagens negros e perspectivas negras na cultura afetam o imaginário coletivo sobre o papel do negro em sociedade.  

Essa é a terceira vez que de Ntando Cele faz parte do MITsp. Sua primeira participação se deu em 2017, quando ela apresentou “Black Off” no teatro do Itaú Cultural. A palestra contou com a tradução simultânea de Artur Kon.

Confira as imagens da palestra, nas fotografias de Ana de Castro:

Fotografia Colorida de Palestra, “Melhor ter uma máscara do que nenhum rosto”, com Ntando Cele na Roosevelt

Palestra, “Melhor ter uma máscara do que nenhum rosto”, com Ntando Cele na Roosevelt. (10/11/2023). | Foto: Ana de Castro/ADAAP

Fotografia Colorida de Palestra, “Melhor ter uma máscara do que nenhum rosto”, com Ntando Cele na Roosevelt

Palestra, “Melhor ter uma máscara do que nenhum rosto”, com Ntando Cele na Roosevelt. (10/11/2023). | Foto: Ana de Castro/ADAAP

Fotografia Colorida de Palestra, “Melhor ter uma máscara do que nenhum rosto”, com Ntando Cele na Roosevelt

Palestra, “Melhor ter uma máscara do que nenhum rosto”, com Ntando Cele na Roosevelt. (10/11/2023). | Foto: Ana de Castro/ADAAP

Fotografia Colorida de Palestra, “Melhor ter uma máscara do que nenhum rosto”, com Ntando Cele na Roosevelt

Palestra, “Melhor ter uma máscara do que nenhum rosto”, com Ntando Cele na Roosevelt. (10/11/2023). | Foto: Ana de Castro/ADAAP

Fotografia Colorida de Palestra, “Melhor ter uma máscara do que nenhum rosto”, com Ntando Cele na Roosevelt

Palestra, “Melhor ter uma máscara do que nenhum rosto”, com Ntando Cele na Roosevelt. (10/11/2023). | Foto: Ana de Castro/ADAAP

Fotografia Colorida de Palestra, “Melhor ter uma máscara do que nenhum rosto”, com Ntando Cele na Roosevelt

Palestra, “Melhor ter uma máscara do que nenhum rosto”, com Ntando Cele na Roosevelt. (10/11/2023). | Foto: Ana de Castro/ADAAP

Sobre Ntando Cele

dNtando Cele nasceu na África do Sul e mora em Berna, Suíça. Estudou atuação na África do Sul e possui mestrado em Teatro pela DAS Theatre – Academy of Theatre and Dance em Amsterdã. Seu trabalho no espetáculo “Manaka Empowerment Prod.”, que começou em 2013, ultrapassa as fronteiras entre teatro físico, videoinstalação, concerto e performance. Entre seus maiores trabalhos de destaque estão: “Se enfrentam” (2012), “Black Off” (2014), “Black Milk” (2018), “Preto. Espaço. Corrida.” (2019), “Go-Go Othello” (2020) e a cocriação “Spafrica” (2023), que abordam e dissecam alegremente preconceitos e estereótipos, usando o humor para confrontar o público com suas percepções racistas.

Sobre o Programa Estação 2023

A SP Escola de Teatro é sede do lançamento da Plataforma Pedagógica do Programa Estação 2023, ação que faz parte do 3º Encontro de Curadoria em Artes Cênicas realizado pela Mostra Internacional de Teatro de São Paulo – MITsp.

O evento promove workshops de profissionais da Argentina, da África do Sul, da Bolívia, da França e da Alemanha. Todas as atividades são gratuitas, mediante inscrição e seleção. O primeiro evento sediado pela SP Escola de Teatro foi com a diretora argentina Vivi Tellas.




Relacionadas:

Notícias | 18/ 06/ 2024

Confira como foram as apresentações do segundo dia do Cena Única na SP Escola de Teatro

SAIBA MAIS

Notícias | 18/ 06/ 2024

Dra. Isildinha Baptista Nogueira recebe estudantes no Escuta SP

SAIBA MAIS

Notícias | 17/ 06/ 2024

“Subterrânea: uma fábula grotesca”, de Juliana Birchal, reflete sobre as funções da mulher em uma sociedade conservadora

SAIBA MAIS