EN | ES

Confira a programação desta terça-feira (24) da 11ª edição do SP Transvisão. Não perca!

Publicado em: 24/01/2023

Cena do filme FRUTAS!

Começou na última segunda-feira, 23, a 11ª edição do SP Transvisão – Semana da Visibilidade Trans, que vai até o dia 29 de janeiro. O evento tem entrada gratuita e acontece com transmissões online e de forma presencial na sede da Praça Roosevelt da SP Escola de Teatro.

O projeto é idealizado pela Adaap (Associação dos Artistas Amigos da Praça), que gere o projeto da SP Escola de Teatro, em conjunto com entidades parceiras.

Nesta terça-feira, 24, o dia começa às 16h no Centro de Cidadania LGBTI Laura Vermont com a roda de conversa Trans Superação. Depois, às 18h, acontece outra mesa-redonda com o tema não-binaridade, ageneridade e assexualidade, na unidade Roosevelt da SP Escola de Teatro. Para finalizar, às 20h, terá a transmissão do filme FRUTAS!, de Morgana Olívia Manfrin e Coletiva Profanas, na mesma sede da instituição de ensino.

SP Escola de Teatro lança nesta segunda-feira (23) o Podcast Transvisão, com Marcia Dailyn e Millena Wanzeller

O SP Transvisão é um movimento sociocultural de legitimação e representatividade dos corpos trans, desenvolvido com profissionais especializados em cada área e promove uma série de ações voltadas para o debate sobre a tolerância e a diversidade, além de valorizar a cultura e o universo LGBTQIA+.

Ao longo da semana, a programação também inclui shows, performances artísticas, documentário, ação solidária e entrega do Prêmio Claudia Wonder para personalidades trans que se destacam em diversas áreas, entre outras atividades.

Confira todas as informações da programação de terça-feira (24/01/2023):

Mesa 1
Tema: Roda de conversa Trans Superação 1
Local: CCLGBTI Laura Vermont
Avenida nordestina, 496 – São Miguel Paulista- em frente ao corpo de bombeiros
Transmissão digital no Facebook do Centro de Cidadania LGBTI Laura Vermont
Data: 24/01/2023, terça-feira
Horário: 16h

Mesa 2
Tema: Não-binaridade, ageneridade e assexualidade
Local: Presencial na SP Escola de Teatro – Unidade Roosevelt
Transmissão digital ao vivo no Youtube da SP Escola de Teatro
Data: 24/01/2023, terça-feira
Horário: 18h

Conheça os palestrantes da Mesa 2:

MARCELO LIMÃO
É sociólogo, MBA em gestão, autor, professor, graduando em psicologia e pós-graduado em Adolescência para equipe multiprofissional na Unifesp. Especialista em “Diversidade Sexual e de Gênero” e “Saúde Mental no Trabalho”, é pai de um adolescente trans e conselheiro da ONG “Mães pela Diversidade”.

JUPI77ER
Nascido na capital de São Paulo, tem 30 anos e é transmasculino não binário. MC, compositor, empreendedor e cria conteúdo nas redes sociais sobre gênero e sexualidade. Faz parte da dupla Rap Plus Size desde 2016 e em 2022 lançou seu novo álbum solo, chamado RG.

WALTER
É advogado, assexual, bi e atua com diversidade e saúde. Integrante do Coletivo AbrAce, ABRAI e ABRASITTI.

OLTIEL ZYNX
É uma pessoa não-binária, se identifica como aporagênero e usa conjunto de linguagem -/elu/e. Aborda questões de gênero e não-binaridade em seus conteúdos há alguns anos, assim como outros temas da comunidade LGBTQIAPN+. Faz conteúdo independente e atualmente é membre da ABRANB (Articulação Brasileira Não-binárie).

Cena do filme Frutas, de Morgana Olívia Manfrin e Coletiva Profanas

Exibição do Filme/Performance FRUTAS!, de Morgana Olívia Manfrin e Coletiva Profanas
Local: SP Escola de Teatro – Unidade Roosevelt
Data: 24/01/2023, terça-feira
Horário: 20h
Tempo de exibição 72 minutos
Classificação indicativa: +16

Sinopse:
Nesta tradução para cinema da dramaturgia “fRuTaS&tRaNs-GRESSÃO. Histórias para Tangerinas e Cavalas-Marinhos,” Tangerine revela momentos anteriores ao que se conhece na peça e, de forma não linear, traz as suas memórias marinhas, que lhe roubam a presença nos minutos seguintes a um atropelamento em via pública. Apesar de ser uma obra que dialoga diretamente com sua produção teatral referência, ela tem sua pulsação independentemente. No longa, a fruta também está sozinhe e por isso, ela não é mulher, nem homem e nem travesti, mas isso não importa para que se possa ver uma atriz desnudar seu passado em cena.

Conheça a diretora e roteirista do filme:

Morgana Olívia Manfrin é mestra e doutoranda em Artes Cênicas pela USP na área de Teoria e Prática do Teatro e pesquisa em Trans-i-[ação]: Etapas do processo externalizador da performatividade de gênero de um corpo brasileiro na tecnologia da hormonização. É dramaturga, performer, atriz, diretora, arte educadora e pedagoga de gênero. É formada em Artes Cênicas e Interpretação Teatral pela UnB e Direção Teatral pela UFBA. Defendeu em 2021 sua pesquisa de mestrado intitulada “Práxis Queer da cena: Percurso de corpos travestigêneres e trans não Binários nas artes cênicas contemporâneas brasileiras” sob orientação do estudioso de Teatro e Gênero Prof.Dr.Ferdinando Martins, professor da USP. É autora das obras autobiográfica “fRuTaS&tRaNs-GRESSÃO. Histórias para Tangerinas e Cavalas-Marinhos.” (2018); “COCO!” (2019); “FURA! ou um objeto de penetração!” (2020) e “CartasPara(Ti)” (2021), sua obra mais recente é Ritu.1/Penetra!, que é a Performance Duracional de 06 horas (360 minutos que estreiou em outubro de 2021 no Centro Cultural São Paulo).

Ficha técnica:

Elenco
Morgana Olívia Manfrin – Tangerine
Anna Clayme Andrade – Língua
Fernando Possani – Motoqueiro
Dandara Manfrin – Criança
Cadu – Tangerine criança
Direção e Roteiro
Morgana Olívia Manfrin e Coletiva Profanas
Trilha Sonora
Káshi Mello e Ícaro Kái
Viola
Kinda Salgado
Direção de estúdio, produção musical e mixagem de triha sonora
Amarilis Vitale
Direção de Produção
Karen Sobue
Design de luz de estúdio e locações externas
Greta Liz
Maquiagem
Evaristo Cardoso
Direção de Arte e figurino
Morgana Olívia Manfrin
Direção de Fotografia e 1ªAssistente de direção de arte
Sabryna Murali
Direção de Fotografia e Finalização
Victor Yuri
Montagem
Allan B. Lopes (Mixa)
1ªAssistente de câmera
Renata Prado
Gaffer, produção de set e 2ªAssistente de câmera
Renato Vital “Tomate”
Produção Executiva e 3ªAssistente de direção de arte
Romã Andrande
Assistente de Produção e 2ªAssistente de direção de arte
Deise Cardoso
Produção de Locação
Célia Manfrin
Locações
Centro Cultural Cêramica São Luis
Favela do Simioni
Rio Ribeirão Preto na confluência das avenidas que dão nome a cidade
Palmeiras Imperias da cidade
Registro e captação documental e edição do making off
Fernando Possani
Realização
Coletiva Profanas, Casa8, Centro Cultural Cerâmica São Luis e Coletivo Fuligem.

Edital EDITAL PROAC Nº 16/2020 – REGISTRO INÉDITO E LICENCIAMENTO DE CONTEÚDO DE CULTURA POPULAR, TRADICIONAL, URBANA, NEGRA, INDÍGENA E LGBTQI+ PARA EXIBIÇÃO ONLINE (#CULTURAEMCASA)

Confira o trailer:

 

 

 




Relacionadas:

Notícias | 08/ 02/ 2023

Inscreva-se no gratuito e presencial O Lugar da Fotografia na Cena Teatral Paulistana, com Bob Sousa

SAIBA MAIS

Notícias | 08/ 02/ 2023

Artistas da SP Escola de Teatro são indicados ao Prêmio Shell 2023; confira!

SAIBA MAIS

Notícias | 08/ 02/ 2023

Gabriel Cândido, artista egresso da SP Escola de Teatro, lança o segundo livro de sua trilogia dramatúrgica sobre ancestralidade negra

SAIBA MAIS