Colabore com a Enciclopédia Virtual do Teatro Brasileiro no FIT

Publicado em: 15/07/2010

A SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está presente, nos dias 16, 17 e 18, das 17h às 21h30, no Festival Internacional de Teatro de Rio Preto, em um estande, onde apresenta a Enciclopédia Virtual do Teatro Brasileiro e poderá receber informações para verbetes de artistas e grupos teatrais.

 

Lançada no Festival de Teatro de Curitiba, dia 16 de março de 2010, a Enciclopédia está hospedada no site da SP Escola de Teatro e foi formulada com o intuito de mapear o teatro brasileiro e criar o maior e mais completo acervo de verbetes sobre profissionais de teatro em todo o Brasil.

 

Para Ivam Cabral, Diretor Artístico da SP Escola de Teatro, uma publicação virtual em plataforma acessível a todos é uma solução atual para compartilhamento de informações. “Em tempos de internet, século XXI e globalização, uma enciclopédia só faz sentido se ela for virtual e colaborativa. E o mais admirável nisso é a possibilidade da participação efetiva da classe artística na busca por preencher uma lacuna existente na publicação de conteúdos sobre as artes cênicas no Brasil”, afirma.

 

Utilizando-se dessa plataforma de produção intelectual, artística e técnica, o sistema da Enciclopédia oferece um novo paradigma para a construção e verificação de conteúdos. E, além de compartilhar conhecimento, visa resgatar, preservar e organizar a memória teatral brasileira, tendo como objetivo a facilitação das pesquisas de assuntos acerca do teatro no País.

 

Histórico

 

A SP Escola de Teatro formulou esse projeto, baseada nos moldes da Wikipedia, enciclopédia online e livre, pois ela oferece tecnologia suficiente para inúmeras e infinitas publicações virtuais em uma plataforma colaborativa. Com a ideia em mãos, o próximo passo foi implantar uma enciclopédia voltada exclusivamente para o Teatro Brasileiro.

 

A pequena equipe, que participou da implantação do projeto, procurou moderadores na própria Wikipedia em busca de informações bibliográficas e indicações de programadores para colocar a ideia em prática. Em um dos contatos, o analista de sistemas Michel Castelo Branco simpatizou-se com o projeto e contribuiu de forma decisiva nesse processo, resolvendo questões efetivamente da área técnica, como, por exemplo, a migração dos dados para o novo servidor de hospedagem e a instalação de novas funcionalidades para facilitar a manutenção do projeto.

 

Atualmente, a Enciclopédia conta com mais de 780 verbetes e conta com muitos colaboradores, como o crítico teatral e jornalista Michel Fernandes, além de atores, grupos e espaços teatrais que contribuem com sua história e sinopse do currículo.

 

A participação de artistas é sempre bem-vinda, por isso visite-nos no espaço na Swift na Feira Internacional de Teatro e crie a sua página pessoal ou acesse site da SP Escola de Teatro:  ww.spescoladeteatro.org.br/enciclopedia.