Canal oficial do Governo do Estado de São Paulo celebra a exposição Universo Pagu na SP Escola de Teatro

Publicado em: 11/01/2022

A retomada das atividades presenciais e a exposição Universo Pagu da SP Escola de Teatro foram celebradas no canal oficial do Governo do Estado de São Paulo no Youtube. Elen Londero, coordenadora da instituição, cedeu uma entrevista para o SICOM (Sistema de Comunicação do Governo do Estado de São Paulo) no final de 2021, mas que foi divulgada nos canais oficias do governo nesta semana (confira).

Nela, Elen conta um pouco da atuação pioneira da SP nas atividades artísticas remotas: “Nós da SP, a partir de uma ideia do nosso diretor executivo Ivam Cabral, realizamos o primeiro festival digital de arte na cidade. E com isso, fizemos um movimento de estudo para o teatro digital, o que foi valioso para a sobrevivência, atuação na área e enfrentamento desses novos tempos que estão por vir “. É também celebrada a retomada das atividades presenciais com estudantes na Escola, agora com a vacinação avançada contra a Covid-19 entre os paulistas e moradores do estado.

Elen também convida a todos para visitar a exposição Universo Pagu, em exibição até 28 de fevereiro no prédio histórico da sede Brás da Instituição. O projeto faz parte das ações organizadas pela ADAAP (Associação dos Artistas Amigos da Praça), administradora da escola que é ligada a Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo,  como parte da comemoração do centenário da semana de 1922.

Elen Londero foi uma das responsáveis pela curadoria e idealização do projeto em conjunto com Ivam Cabral, Joaquim Gama e Márcio Aquiles.  Todo o processo teve a supervisão pedagógica do coordenador dos dois cursos, o prestigiado cenógrafo J.C. Serroni, e dos formadores Telumi Hellen, Viviane Ramos e Marcio Tadeu. A exposição, que está aberta ao público toda segunda a sexta-feira, das 10h às 18h, reproduz o período em que a artista, escritora, militante, jornalista, tradutora, crítica de artes e diretora de teatro Patrícia Rehder Galvão, a Pagu, estudou na antiga Escola Normal do Brás, hoje sede da SP Escola de Teatro.

Os responsáveis pela criação, pesquisa, organização e montagem do cenário da exposição são os estudantes do curso técnico em teatro de cenografia e figurino e técnicas de palco, com a participação de linhas do estudo como iluminação, sonoplastia, atuação, humor e dramaturgia.

Confira!




Relacionadas:

Notícias | 21/ 01/ 2022

Agenda Cultural : As melhores dicas para o seu fim de semana

SAIBA MAIS

Notícias | 21/ 01/ 2022

Estudantes de humor da SP mergulham em curiosa e divertida experiência cênica audiovisual; confira!

SAIBA MAIS

Notícias | 21/ 01/ 2022

No mês da visibilidade trans, Coletiva Profanas, com o apoio do Satyros, promove espetáculo de transdramaturgia na casa de cultura do Butantã

SAIBA MAIS