Bob Sousa Lança Site Com Registros do Teatro

Publicado em: 17/06/2011

O fotógrafo Bob Sousa, que passou muitas noites de sua vida dedicando-se à fotografia de espetáculos teatrais e já coleciona cinco exposições e incontáveis projetos em seu currículo, escolheu a Praça Roosevelt, palco da revitalização da cena teatral paulistana nas duas últimas décadas, para comemorar o lançamento de seu site Bob Sousa – Fotografia de Palco e Retratos (www.bobsousa.com.br). O evento será realizado na terça-feira (28/06), a partir das 20h, no restaurante Rose Velt.

 

“Como indica o nome, o site terá duas seções principais e estará repleto de fotografias de espetáculos e inúmeros retratos de pessoas que, de alguma forma, estão relacionados ao teatro. Batizei uma seção de “Retratos do Teatro”, projeto que já virou livro, e agora estará disponível na internet. Acredito que, mais do que um registro fotográfico, estamos fazendo o retrato de uma época”, revela.

 

O site trará, ainda, uma seção na qual Bob Sousa vai registrar, semanalmente, as principais estreias e espetáculos da cena paulista para, além de realizar uma espécie de manutenção da história, trazer um panorama geral do que está em acontecendo nos palcos de São Paulo. “É pelas imagens que me comunico. Não tenho muito a dizer sem uma câmera na mão”, conta. 

 

Com o vasto material que possui, e que continua a produzir, como, por exemplo, as peças “O Jardim”, da Companhia Hiato, e “Luis Antonio – Gabriela”, de Nelson Baskerville –, Bob planeja, ainda, além das atualizações semanais, um espaço aberto à discussão do fazer teatral, com a hospedagem de seu blog (bobsousa.wordpress.com) no site.

 

“Bendito seja Bob Sousa e maldito também”

 

Com formação publicitária, a paixão pela fotografia e pelos palcos fez Bob Sousa profissionalizar-se na área, assim, iniciou uma pesquisa focada no registro de companhias teatrais de vanguarda com o objetivo de descobrir, valorizar e acompanhar o trabalho de novos diretores e atores.

 

Assim, o fotógrafo passou a ser requisitado por grupos importantes da cena paulistana como o Teatro Oficina, de José Celso Martinez Corrêa; Centro de Pesquisas Teatrais (CPT), de Antunes Filho; Cemitério de Automóveis, de Mário Bortolotto; e Os Satyros, de Rodolfo García Vázquez e Ivam Cabral, coordenador do curso de Direção e diretor executivo da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, respectivamente.

 

“Bendito seja Bob Sousa e maldito também”, brinca o diretor e dramaturgo Mário Bortolotto, ao se referir ao trabalho de Bob. “Fotógrafos trabalham com um tempo diferente. É o momento que nunca mais vai voltar. É a piscada, o relâmpago, a faísca e, depois, já é outro momento, outro tempo. Nunca mais vou levantar a xícara daquele jeito. Nunca mais vou acertar a bola na mesma caçapa com o mesmo movimento de cabeça, com o mesmo olhar intrigante, sério ou apatetado. Fotógrafos são esses seres mágicos que capturam esses momentos únicos e os imortalizam para nossa glória e nossa desgraça. Bob Sousa é um desses grãos-magos. Um dos melhores que conheço”, diz.

 

“Tem uma música que é mais ou menos assim: ‘Sei que você me olha, mas sei que você não me vê´. Essa canção, sem dúvida alguma, não toca no disco de Bob Sousa, que descobriu ou já nasceu com a sabedoria de que a boa foto revela aquilo que não está. Tem gente que precisa de luneta para perceber cometas no céu. Ele os vê a olhos nus”, comenta Rodrigo Audi, integrante do Centro de Pesquisas Teatrais, do diretor Antunes Filho. 

 

“Não se trata de captar uma imagem ao acaso, mas de entender tudo o que se passa por trás do olhar do ator. Pois essa é a beleza do ofício do Bob Sousa, um apaixonado pelo trabalho do teatro. É impossível ficar indiferente à força das imagens que os olhos dele produzem. Sorte a nossa”, conclui o diretor e ator Otávio Martins.

 

SP Escola de Teatro Sempre à Serviço da Arte

 

O site de Bob Sousa contou com a coordenação de Eric Vecchione, gerente de comunicação da SP Escola de Teatro que, desde o segundo semestre de 2010, define a identidade visual do site. Segundo ele, os usuários podem brincar com as fotos na página inicial do site, arrastando-as para ver seus detalhes.

 

“O design simples foi criado para não interferir nas fotos, deixando-as como o centro de tudo no site, que é o mais importante, para destacar a obra de Bob Sousa. As cores em preto e cinza criam um contraste com as fotos e, também, lembram o ambiente dos espetáculos, que geralmente são escuros”, explica Vechionne, que também elaborou um painel de administração para que o fotógrafo possa criar seus próprios álbuns de maneira dinâmica, sem a necessidade de usar códigos, com uma ferramenta semelhante à utilizada pelo Facebook.

 

Assistir a uma peça de teatro pode fazer com que todos seus sentidos se alterem e suas emoções se abalem. O impacto é ao vivo, abrupto e instantâneo. Porém, a arte da fotografia de palco consegue resgatar estes momentos e eternizar instantes decisivos de espetáculos.

 

A SP Escola de Teatro reconhece a importância deste trabalho, por isso, capturou os melhores momentos do cotidiano e dos eventos da Instituição, que podem ser vistos na Galeria Virtual. Também apóia a produção e o trabalho dos fotógrafos de palco com a divulgação de suas imagens na Galeria Multimídia ou em notícias em nosso portal.

 

Serviço

Lançamento do site do fotógrafo de palco Bob Sousa

Quando: Terça-feira (28/06), às 20h

Onde: Restaurante Rose Velt

Praça Franklin Roosevelt, 124

Gratuito