Bernadeth Alves e Telumi Hellen comentam os experimentos cênicos do Módulo Azul

Publicado em: 24/05/2016

Aprendizes do Módulo Azul em experimento cênico
 
Todo semestre, os aprendizes da SP Escola de Teatro apresentam seus experimentos cênicos. Estas “peças curtas” são exibidas em três etapas, sendo a primeira mais crua, e a última em estágio mais avançado.
 
No último sábado, as turmas do Módulo Azul (vespertino) fizeram a segunda apresentação dos experimentos, mostrando sua evolução desde as primeiras cenas executadas.
 
A formadora do Curso Regular de Direção, Bernadeth Alves, acompanhou de perto o desempenho dos oito núcleos. Para ela, falar sobre feminismo — tema importante nas atividades deste semestre, baseadas no mais recente disco de Elza Soares e na obra da dramaturga espanhola Angélica Liddell — rendeu bons trabalhos.
 
“Os aprendizes, tanto homens quanto mulheres, pensaram muito bem nestas questões que estão tão fortes hoje, sendo debatidas no mundo todo”, diz. “Chamou atenção a capacidade que os grupos tiveram de fazer denúncias dentro da linguagem artística.” Ela frisa que os trabalhos não se limitam a um discurso apenas político ou apenas estético, mas que há diálogo entre estas duas formas de comunicação.
 
Bernadeth também aponta à riqueza nas discussões ligadas à situação da mulher. “Há o retrato da questão do abuso, há abordagens à mulher negra e à mulher de baixa renda, mas vistas como nichos diferentes”, diz, destacando a amplitude do discurso.
 
Telumi Hellen, formadora do Curso Regular de Cenografia e Figurino, também viu evolução nas turmas do Módulo Azul. “Foi possível notar uma maior apropriação das ideias em cena por parte de todas as áreas”, comenta. Para ela, apesar de algumas dificuldades, os aprendizes conseguiram entrelaçar os materiais das cenas, criando conteúdo para trabalhos que ainda estão por vir.
 

O Módulo Azul, assim como o Módulo Verde, ainda tem mais uma apresentação de experimentos até o fim deste semestre. Na ocasião, os trabalhos devem estar mais maduros e próximos do que seria uma cena completa.




Relacionadas:

Notícias | 19/ 01/ 2022

Rita Miranda e Laércio Motta, artistas egressos da SP, promovem espetáculo infantil digital e gratuito!

SAIBA MAIS

Notícias | 19/ 01/ 2022

Ator alemão comemora sucesso de sua oficina na SP e promove espetáculo exclusivo na sede Roosevelt da instituição

SAIBA MAIS

Notícias | 19/ 01/ 2022

100 anos da semana de 1922: Conheça ‘Samba’, considerada a obra mais importante de Di Cavalcanti

SAIBA MAIS