Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
EN | ES

Bem-vindo aos "Bastidores"

Publicado em: 01/06/2016

Arquitetura cênica do Teatro Oficina
 
Quando nós, aprendizes do Curso Regular de Técnicas de Palco, estamos inseridos diariamente neste universo de constante criação do processo construtivo que o curso proporciona, nos damos conta de que é, de fato, uma área de extrema abrangência. 
 
Talvez seja essa a dificuldade de se entender o que é e, principalmente, quais são as possíveis áreas de interesse de um aprendiz de Técnicas de Palco não só nos experimentos cênicos da SP Escola de Teatro, mas no mercado de trabalho. Este é o intuito desta coluna: esclarecer quem é este profissional e quais suas possíveis áreas de atuação, a fim de estabelecer clareza no nosso próprio cotidiano de processo criativo coletivo.
 
Levando em consideração que nos encontramos em uma Escola de artistas que formam artistas, é impossível existir, aqui na Instituição, a formação de um profissional de teatro “executor de ideias alheias”, incapacitado de criar. 
 
Se definirmos o técnico de palco com uma expressão, seria “fazedor de sonhos”. Ele adquire, ao longo do curso, o conhecimento necessário para tornar palpável qualquer ideia que seja. E nossa formação vai além: o conteúdo teórico é intensamente alinhado ao prático, tornando-se possível elaborar um processo desde seu conceito até sua forma física concluída.
 
É o profissional que reflete o mercado brasileiro, um verdadeiro multifunções. Ele acaba seguindo fielmente a frase “tire da cabeça tudo o que você não pode tirar do bolso”, no sentido de que aprende a produzir qualquer objeto ou cenário com materiais inimagináveis, transformando-os. Trata-se de alguém que pensa de forma altamente criativa e concreta.
 
Nosso objetivo, com o espaço “Bastidores”, é trazer essas informações por meio de entrevistas com profissionais de cada área de atuação específica e aprendizes egressos que se especializaram em um ou mais ramos relacionados ao curso.
 

Jeniffer Yasmine, aprendiz do Curso Regular de Técnicas de Palco




Relacionadas:

Notícias | 15/ 08/ 2022

Gargarejo Cia. Teatral apresenta projeto em que revisita obras clássicas de Machado de Assis na próxima terça (16), na SP

SAIBA MAIS

Notícias | 15/ 08/ 2022

Miguel Rocha, artista egresso da SP e diretor da Cia. de Teatro Heliópolis, é indicado ao Prêmio APCA 2022; veja entrevista exclusiva!

SAIBA MAIS

Notícias | 15/ 08/ 2022

SP Escola de Teatro e Itaú Cultural promovem a 1ª Edição do Seminário O Sujeito Histórico do Teatro de Grupo do Estado de São Paulo

SAIBA MAIS