Ato em prol do reconhecimento da profissionalização do Dramaturgo

Publicado em: 01/01/2010

Ivam Cabral, Diretor Executivo da SP Escola de Teatro, e Marici Salomão, coordenadora do curso de Dramaturgia, em parceria com o SATED, representado por sua presidente Ligia de Paula, farão uma reunião hoje, quinta-feira, 25/02, com Luiz Antonio de Medeiros Neto, Secretário de Relações do Trabalho, sobre a oficialização da profissão de dramaturgo, como um artista criador com formação técnica.
           
Ainda que se saiba da importância de um dramaturgo e/ou dramaturgista para o processo criativo como um todo, esse não recebe, na esfera legal, a mesma atenção que outros profissionais das artes do palco, os quais possuem registro profissional específico.
      
Nossa Escola reconhece a necessidade de se equivaler os direitos desses diferentes profissionais quanto ao seu reconhecimento legal. Ignorar as discrepâncias de tratamento para os diversos setores de atuação das artes cênicas significa desconsiderar a interdependência desses campos e menosprezar, nesse caso específico, uma profissão que se apresenta enraizada em todo o fazer teatral contemporâneo, a do dramaturgo/dramaturgista.

A função do dramaturgo é criativa, mas não pode prescindir da técnica. A partir da percepção dessa necessidade de aliança entre a prática e a técnica, o curso de Dramaturgia da SP Escola de Teatro tem formato único no Brasil, sem similar no ensino técnico ou superior no País.

Nosso curso visa despertar e potencializar a voz singular do aprendiz e oferece, também, o desenvolvimento em outros modos de produção textual, como os processos colaborativos.
O curso se equilibra entre teoria, técnica e prática, incluindo conteúdos fundamentais que formam a base da criação dramatúrgica para teatro e outras mídias, como o rádio e a Internet. Levando em conta seu próprio ineditismo, o curso pressupõe a sistematização do estudo da dramaturgia e de suas técnicas, atentando para as diferenças essenciais entre o que hoje se pode denominar texto e escritura cênica.

Também visa proporcionar ao aprendiz a compreensão de conceitos e postulados contemporâneos, como o dramaturgismo.

Fotos: P. Silva

 

O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.

Assisdesign