Antônio Petrin por Darson Ribeiro

Publicado em: 27/03/2012

Nem sei ao certo quando e onde conheci o Petrin. Se em “histórias contadas por soldados”, ou em “palavras vertidas em sangue”, ou ainda em chás no meio da tarde jogando conversa fora sobre o sacrificante exercício da profissão. Só sei que tive o privilégio, além da amizade, em dirigi-lo, ouvindo minúcias sábias, ranhetices que fazem pensar e rever e aprendizados com a disponibilidade cênica desse grande ator. Encarávamo-nos. Encaramo-nos. E continuamos nos encarando pelos palcos e pela vida, que é bela quando colaborativa. Principalmente num palco.

 

 

Veja os verbetes de Darson Ribeiro e Antônio Petrin na Teatropédia.

 

Para ver os outros depoimentos que compõem a semana em homenagem ao Dia Mundial do Teatro, clique aqui.