Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
EN | ES

Abdias do Nascimento é homenageado pelo Itaú Cultural nos 10 anos de sua morte

Publicado em: 19/05/2021

Abdias do Nascimento. Foto: Luiz Paulo Lima

No próximo domingo (23), o site do Itaú Cultural irá homenagear o legado do ator, poeta, escritor, dramaturgo, artista plástico, professor universitário, político e ativista dos direitos civis e humanos das populações negras Abdias do Nascimento, relembrando a exposição dedicada a ele, que aconteceu em 2016 dentro do projeto Ocupação da Instituição.

O dia 23 de maio marca os 10 anos da morte deste que foi um dos dos maiores ativistas dos direitos  das populações negras, que deixou um legado de lutas pelo povo afrodescendente no Brasil.

Abdias Nascimento (1914-2011) dedicou-se por inteiro à luta contra o racismo. Combateu em múltiplas frentes para valorizar a cultura africana e recuperar a autoestima do negro, bem como para rever a noção de que no Brasil se vivia uma democracia racial. A extensão das suas atividades é tão surpreendente quanto o fato de que, em tantas delas, precisou ser pioneiro. “Quem já não sentiu”, pergunta ele, “a atmosfera de solidão e pessimismo que rodeia o gesto inaugural, quando se tem a sustentá-lo unicamente o poder de um sonho?”

A mostra resgatou momentos emblemáticos da história de Abdias, sua participação em grupos artísticos como a Santa Hermandad Orquídea, a fundação de iniciativas como o Teatro do Sentenciado, o Teatro Experimental do Negro e o Museu de Arte Negra, e de grupos de articulação política, social e de pesquisa como a Convenção Nacional do Negro, o Memorial Zumbi, o próprio Ipeafro. Foram também representados seus mandatos como Deputado e Senador.

>> Teatro Experimental do Negro é tema de mesa de discussão na SP Escola de Teatro

A 32ª Ocupação, que teve sua trajetória como tema, contou com curadoria do Instituto de Pesquisas e Estudos Afro-Brasileiros (Ipeafro), representado por Vinícius Simões, que assinou, ainda, a expografia, e Elisa Larkin Nascimento, co-fundadora e diretora presidente, além do Itaú Cultural.

Estiveram igualmente presentes suas obras artísticas e itens do acervo Ipeafro, como pinturas, documentos históricos, correspondências, discursos, entrevistas, depoimentos, manuscritos e fotografias. Todo o conjunto revela a intensa atividade e personalidade deste notável brasileiro, de quem não é possível separar o ativista, o artista e o intelectual.

Serviço:
10 anos de morte de Abdias do Nascimento
Dia 23 de maio (domingo)
No site do Itaú Cultural

 

 

 




Relacionadas:

Notícias | 10/ 08/ 2022

SP Escola de Teatro fecha importante parceria com a Universidade de Gdańsk, da Polônia

SAIBA MAIS

Notícias | 10/ 08/ 2022

Processo Seletivo 2/2022: Confira os aprovados na 2ª chamada para turmas do 2º semestre de 2022

SAIBA MAIS

Notícias | 09/ 08/ 2022

Espetáculo Eu, Atlântica, do Oju Oju Coletivo, estreia na sede Roosevelt da SP Escola de Teatro, na próxima sexta (12)

SAIBA MAIS